Suas mãos trabalham o dia todo, mexem com substâncias agressivas, lavam-se, machucam-se, aplicam força e ao mesmo tempo mantêm o refinamento dos movimentos para que você seja capaz de executar tarefas minuciosas. Tudo isso desencadeia uma reação na pele das mãos para que estas preciosas ajudantes desempenhar seu papel da melhor maneira.

A pele engrossa em determinadas regiões, especialmente nas palmas e nos locais onde encostam instrumentos de nossa rotina (canetas, lápis, mouses de computador etc). Esse fortalecimento ocorre para que as mãos possam aguentar as tarefas sem se ferirem. Por isso a pele fica mais áspera, mais seca!

O sol pode provocar manchas escuras e aspecto desgastado. E os homens prestam atenção nas mãos das mulheres, associam inconscientemente mãos bem cuidadas com finesse e elegância! Reserve um tempinho para cuidar delas! Na maioria das vezes, nossas mãos se desgastam com a exposição solar que pegamos sem querer andando, dirigindo, esquecendo delas na praia, mais preocupadas que estamos com o rosto e o corpo. Caprichar nos filtros solares nas mãos é muito impostante, vale a pena até deixar um tubinho no porta luvas do carro.

Procure os cremes à base de uréia, (retentores de água) silicones que formam película protetora, ácido glicólico, que tem grande poder de amaciar e refinar, além de óleos de avelãs, uva e macadâmia, que são poderosos aliados. Além disso, filtros solares devem estar presentes nos cremes diários, indispensáveis para a melhora real da pele das mãos.

Como lavá-las com água quente é um pequeno e bem vindo prazer, evite o ressecamento usando os sabonetes líquidos umectantes com ativos que lubrificam e protegem (silicones, mel, fomblin, óleos naturais).

Unhas também se beneficiam com os hidratantes das mãos. Deixe-as sem esmalte por pelo menos uma noite por semana e capriche no hidratante: a lubrificação vai torná-las forte e elas vão parar de “desfolhar”. Bases fortalecedoras com formol são de grande ajuda para deixá-las duras e resistentes.

Quando necessário, os dermatologistas receitam ácido retinóico ou fazem peelings suaves para recuperar rapidamente o frescor perdido. Aplicações de luz pulsada também rejuvenescem a pele das mãos e novos preenchimentos à base de ácido hialuronico escondem as veias que insistem em aparecer.

Dra. Ligia Kogos é dermatologista, formada pela Universidade Federal se São Paulo (UNIFESP), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Sociedade Brasileira de Medicina Estética.