Cabelos crespos: como deixá-los sempre lindos e saudáveis

Os cabelos crespos estão entre os tipos mais difíceis de serem cuidados. Pela sua característica “selvagem” e rebelde, exige muita dedicação e paciência.  “Sua estrutura com formas irregulares, sem um formato definido (nem liso nem cacheado) e a cutícula, que geralmente é mais aberta, confere ao fio uma característica mais ressecada e opaca”, explica Luiz Cintra, hairstylist do salão Emília Borges, em SP.

Para tratá-los da forma correta, a profissional salienta que é importante analisar a estrutura do fio de uma forma geral. “É preciso avaliar se é fino, médio ou grosso; do tipo normal, ressecado ou muito ressecado. Após fazermos essa análise completa, devemos procurar uma linha de shampoo, condicionador, máscara e leave in específica para cada tipo”, comenta.

Depois dessa avaliação prévia, deve-se procurar finalizadores, como, cremes para pentear, mousse, silicones, ceras e pomadas para valorizar a finalização do look.

Cuidados essenciais

Lavar os fios de 3 a 4 vezes na semana, retirar totalmente os produtos com enxague e aplicar um creme de pentear de boa qualidade são fundamentais para manter esse tipo de cabelo sempre saudável e macio. “Ao desembaraçar, é importante começar a partir das pontas, em direção à raiz”, destaca a profissional.

Além disso, os cabelos crespos pedem muita hidratação. Pelo menos uma vez por mês, é essencial hidratá-los com uma máscara capilar. “Isso vale principalmente para os fios naturais, sem tratamentos químicos. Já para aqueles tingidos, o tempo entre uma hidratação e outra deve ser de 15 dias”, comenta.

Crespos coloridos

Todos os cuidados adotados ao descolorir os cabelos lisos e ondulados também se aplicam aos crespos.

“A principal diferença é quanto à estrutura do fio, que não possui tanta queratina quanto os outros tipos de cabelo. Por isso, é preciso ter cuidado, principalmente, ao clarear, para não deixá-lo em um tom de loiro mais intenso do que o desejado”, diz.

Dar uma pausa mínima de descanso entre as colorações é vital para saúde dos fios. “Existem alguns casos extremos em que a cliente deve pintar o fio com menos de 15 dias, mas, para todos os outros casos, um período mínimo de 15 a 20 dias é o ideal entre as colorações”, afirma.