Dicas para cuidar dos cabelos loiros e descoloridos

Após aproveitar tudo o que o verão oferece, quem tem cabelos descoloridos pode reparar que eles ficam fracos, quebradiços, sem brilho e carentes de uma boa manutenção. Mas entre todos os tratamentos, como escolher o melhor? A cabeleireira Rozee Candido explica como acabar com efeitos do verão e define a importância da escolha do tom certo na hora de clarear os fios.

Cabelos esverdeados

Entrou na piscina e saiu com os fios esverdeados? O excesso de cloro pode ter provocado essa alteração de cor, que acontece por conta do uso indevido de pigmentos: quando se mistura pigmento dourado com pigmento cinza, o ideal é usar um ou outro, de forma individual. Uma dica simples, que pode ajudar as loiras, é molhar os cabelos com água corrente antes de entrar na piscina, isso ajuda a diluir o cloro.

A escolha do tom

Muitas mulheres têm o sonho de desfilar com os cabelos cobertos por um “loiro chique”. Mas o que é esse tom tão perseguido por quem clareia os fios? Rozee Candido, explica que o loiro elegante é próximo ao loiro natural e precisar combinar com o tom de pele, a cor dos olhos e o fio do cabelo. "Um truque para manter a naturalidade é deixar a raiz escura e esfumaçada", conta.

Cor proibida

Um tom não indicado é aquele descolorido e monocromático, sem nuances e com aspecto ressecado. "Peles olivas ficam bem com madeixas douradas mel e caramelo; já os platinados são perfeitos para peles claras rosadas e cabelos não muito escuros", informa a profissional.

Em todos os casos, lembre-se que a hidratação é a melhor amiga de um cabelo bonito e saudável. Invista no procedimento uma vez por semana e faça cauterização nos intervalos.