Cuidados com os cabelos crespos

As mulheres que têm cabelos crespos, conhecidos também como afros ou étnicos, gastam quase todo o salário com tratamentos e produtos que acabam, ou pelo menos diminuam, o volume e ressecamento. Algumas conseguem domar a cabeleira, mas mesmo mais soltas e hidratadas, veem a escovação como inimiga e a maior culpada pelo antigo visual indesejado. Mas ao contrário do que muita gente pensa, este tipo de madeixa pode ser penteada, desde que a escova seja correta, podendo até potencializar os resultados dos cosméticos, proporcionando mais beleza e saúde.

Conhecer a estrutura do crespo é essencial para acertar nos cuidados. Como nascem espiralados desde a raiz, a oleosidade natural presente no couro cabeludo, produzida pelas glândulas sebáceas, tem dificuldade em migrar até o comprimento, que é seco e quebradiço.

Segundo a técnica de Beleza da Condor, Andrea Pinheiro de Souza, a hidratação deve ser feita semanalmente com produtos específicos, o que evita problemas como cicatrização folicular, alteração no PH, além de caspa e seborréia. “Como ele quebra facilmente, o ideal é penteá-lo ainda úmido, com o auxilio de um creme, para eliminar os nós, com modelos de escovas quadrados ou retangulares em plástico que têm cerdas sintéticas abertas (bem separadas), pontas massageadoras que diminuem a sensibilidade, evitando a quebra dos fios e espalhando a oleosidade natural do couro cabeludo até as pontas”, afirma.

Um cuidado importante, para que não fiquem tão volumosos e sensíveis com o ato de pentear, é iniciar pelo lado interno e sempre pelas pontas, subindo até a raiz. O crespo é extremamente ondulado, seco e fino e com esses cuidados não se quebrará.

É importante observar que, se a cabeleira possui processo químico de retenção de volume, como alisamentos e relaxamentos, pode-se usar já seco, as escovas raquetes (em formato oval) com cerdas sintéticas ionizadas, que acabam com a eletricidade estática e eliminam os arrepiados, característica comum nos crespos.

Dicas para cabelos crespos

  • Caso a mulher use o secador em casa, deve utilizar escovas arredondas ou ovais vazadas grandes (médios e longos) ou pequenas (curtos), com cerdas mistas de apenas uma altura e base metalizada, onde o calor passa para o outro lado, acelerando a secagem e diminuindo o tempo de exposição ao calor;
  • Nos longos, nunca usar as escovas pequenas para alisar, que por possuírem cerdas mais unidas, podem quebrar o fio;
  • Não os penteie molhados: tire o excesso com a toalha, sem esfregá-la, mas apertado-a e em seguida penteie, mas de forma calma, para não arrebentar;

Mais informações:
0800 47 6666
www.condor.ind.br