Cor de cabelo ideal para cada tom de pele

Atualmente existem no mercado vários produtos para colorir o cabelo, mas não basta escolher a cor mais bonita: é necessário ver combina com o tom de pele, para que o resultado seja lindo e vibrante. Além disso, os fios precisam estar bem hidratados para resistirem às agressões da tintura sem ficarem quebradiços.

O hairstylist Sidney Akira, especialista em corte e coloração do salão Go Hair Beauty Center, em São Paulo, dá algumas dicas para as mulheres que querem mudar as cores de suas madeixas. Ele explica que há cores corretas para cada tipo de pele.

De acordo com Sidney, para as morenas o ideal são cores quentes. “Os marrons dourados, acobreados e avermelhados, com ou sem luminosidade, ficam muito bons”, diz. Os castanhos médios e claros são para as peles negras. “Pode-se optar por fazer mechas tom sobre tom, luzes com o efeito queimado de sol, e mesmo mechas vermelhas e acobreadas”, indica. E finaliza: “o reflexo ou luzes são ideais para peles claras e nunca saem de moda, mas podem variar com a tendência. Efeitos mais claros no meio e nas pontas ficam ótimos”, recomenda.

Ele explica também que hoje há três tipos de coloração: os tonalizantes ou colorações semipermanentes, as colorações permanentes e a coloração a base de óleo. Sidney sempre tenta aconselhar as mulheres quanto à cor ideal. “Como a estação pede cores mais quentes, nossas clientes optam bastante pelos tons de marrom e o loiros dourados”, comenta. Ele ressalta que é preciso levar em conta a cor natural do fio.

Sempre que é feito algum procedimento químico nos cabelos é imprescindível fazer uma hidratação caseira ou no salão. “A manutenção é essencial para manter o brilho e a intensidade da cor”, lembra. Sidney aconselha: “o ideal é fazer hidratação uma vez por semana, com produtos de qualidade para o seu tipo de cabelo. Com relação à cor, existem as máscaras próprias para cabelos com reflexos e cabelos coloridos”. Usar shampoos e condicionadores específicos para cabelos tingidos ou que evitam a quebra do fio – típica de quem faz tintura – ajuda no cuidado com as madeixas.

Para as mulheres que fazem coloração em casa, o hairstylist dá uma dica: “nem sempre o loiro, o castanho e outras cores compradas pelo rótulo ficam iguais à foto. Por isso, respeite seu fundo de clareamento conforme seu tom natural. Se tiver dúvidas, consulte um profissional especializado”, finaliza.