Provar que a assimetria pode sair das passarelas e se encaixar nos cortes comerciais do salão. Foi isso o que fez o hairstylist Giovanni Sepede, diretor acadêmico da Pivot Point, ao levar a proposta ao Palco das Américas do BSG World Festival deste ano.

Confira o passo a passo de uma das ideias do profissional, uma proposta moderna e jovem, mas adaptável a mulheres clássicas. A coloração, aqui extremamente ousada, também pode variar de acordo com o gosto da cliente.

Giovanni Sepede_Destaque


Foto 1: Modelo antes;

Foto 2: Divida o cabelo em quatro partes;

Foto 3: Corte os fios da parte inferior da nuca com tesoura, utilizando-a na posição perpendicular. É importante manter a cabeça sempre reta neste momento. Um movimento qualquer pode alterar o ângulo e destoar o corte;

Foto 4: Verticalmente, corte mecha a mecha em um contorno arredondado, acompanhando o formato da cabeça. Essa técnica evita o volume excessivo;

Foto 5: Solte os fios que estavam divididos em duas partes. Posicione os cabelos para cima em 90º e corte;

Foto 6: Nas laterais, vá cortando mecha a mecha até chegar à orelha, sempre puxando os fios para o centro. Esse passo tira o volume e faz o corte ficar com as pontas da frente maiores;

Foto 7: Mantendo sempre as laterais mais compridas, separe somente a parte da franja. Junte-a na lateral, gire e corte;

Foto 8: Penteie e acerte as pontas formando a assimetria desejada, deixando-a mais ou menos acentuada;

Foto 9: Resultado.

E confira também:

O Astro: entregamos as técnicas usadas na composição dos cabelos das atrizes da nova novela da Rede Globo

Tira-dúvidas sobre a franjinha pin-up