Mechas californianas: como mantê-las sempre lindas e em evidência

Mechas dão um charme todo especial e deixam os fios em evidência, dando um ar pra lá de glamouroso ao visual.

Para quem gosta de ousar, as mechas californianas são uma ótima pedida e ainda evitam problemas no couro cabeludo, eventualmente causados pelos processos químicos dos retoques, necessários a cada dois meses.

Mas, quem opta por esse tipo de tintura, não está completamente livre de preocupação e dos cuidados com a saúde dos fios.

Arilson Christino, visagista e diretor artístico do Instituto Moça Bonita, em São Paulo, recomenda a utilização de shampoo “anti-yellow” e hidratações semanais com máscaras capilares. “Os tratamentos de alta performance para reconstrução da fibra capilar também devem ser feitos pelo menos uma vez por mês.  É preciso ainda utilizar leave-in com proteção térmica, para evitar ressecamento nas pontas”, diz.

Cuidados essenciais

Evitar o contato com cloro de piscina, água muito quente e exposição excessiva ao Sol também contribuem para fios saudáveis.

E para quem possui uma estrutura capilar fragilizada e muito fina, é melhor evitar a técnica. “Cabelos quimicamente tratados com alisantes à base de sódio e lítio, especificamente, não devem receber mechas californianas”, alerta o profissional.

Já para quem possui fios saudáveis e com esse tipo de mecha, a dica é investir em óleos essenciais, silicones voláteis, produtos que contenham mica prata e finalizadores chamados de shine.

“Em contrapartida, usar shampoos de limpeza profunda com muita frequência, produtos que tenham corantes amarelos ou alaranjados, produtos à base de álcool, como mousse e hair spray fixador, devem ser evitados”, destaca.

E para manter as mechas californianas em evidência, o profissional recomenda que a cada 6 meses seja feito um novo retoque.