É clichê, mas é verdade: a temporada primavera-verão se aproxima e as mulheres se animam para desfilar um visual mais despojado e leve. Para isso, muitas não hesitam: vão ao salão preferido e dá-lhe descoloração, tintura, mechas e demais técnicas para clarear os fios. Certo, a loirice combina com sol, e nós somos os primeiros a concordar com isso.

Mas não basta simplesmente sair "enloirando" a esmo. Batemos um papo com o hairstylist Henrique Ribeiro, do Homa Elite Salon, que além de adiantar quais tonalidades estarão em alta (e em baixa) na próxima temporada, falou sobre a recente concorrência entre vermelhos e loiros, deu dicas de como fugir dos resultados artificiais e de como as negras que desejam platinar os cabelos devem escolher a cor adequada. Ou seja, tudo o que você profissional não pode deixar de saber!

Loiras

Portal Cabeleireiros.com: Quais tonalidades de loiro estão fazendo sucesso atualmente? E quais terão destaque no verão 2012?

Henrique Ribeiro: O que já está fazendo a cabeça das mulheres nessa temporada são as cores que não criam tanto contraste com o tom natural dos fios. Se a mulher tem seus cabelos naturais em tons castanhos por exemplo, o ideal é que exista nuances mais claras, no comprimento e nas pontas. Diferentes do verão passado, as raízes vêm mais iluminadas. Desta vez, a ideia é criar luminosidade e não uma inversão de cor, isso no caso das bases escuras.

Nos loiros, se a mulher já tem um fundo mais claro, seja ele natural ou cosmético, o clareamento pode ser mais intenso, mas sempre conservando a raiz natural. Sendo assim, o intervalo dos retoques passam ser mais espaçados, dando tempo maior para ela se dedicar a tratamentos que fortificam, restauram e preparam o cabelo para a próxima descoloração.

Portal: Há algum tipo de loiro que não está mais em voga e tornou-se ultrapassado?

Henrique: Aquela cor de reflexo que começa claro na raiz e permanece no mesmo tom até as pontas já não é a mais pedida no salão. Geralmente, são mais espessas e comprometem muito o retoque, o que acontece a cada 30 dias. Os fios já fragilizados tendem a ter um desgaste maior com o pequeno período do retoque, perdem resistência e podem até partir.

E para não ter um visual ultrapassado, a escolha da cor é muito importante. Considerar o tom de pele da mulher antes de criar uma cor é garantia de que esse cabelo será atual.

Portal: Muito tem se falado dos cabelos vermelhos, de sua sensualidade e do sucesso que ele faz entre as mulheres. Na sua opinião, eles estão ofuscando os loiros de alguma forma?

Henrique: Loiras que estão investindo nos acobreados estão fazendo sucesso. Eu, particularmente, sou fã de cabelos cobres e avermelhados. Acho que essa cor vem carregada de atitude e sensualidade. Mas não acredito que ele roube a cena das loiras. Loiras, morenas ou ruivas, acho que o mais importante é a mulher ter o cabelo que mais combine com seu estilo, ritmo de vida e com sua personalidade.

Portal: As cantoras Mariah Carey e Beyoncé são dois exemplos de negras que ostentam cabelos loiros em tonalidades bem claras. O que você acha deste tipo de look e, na sua opinião, o que deve levar em conta por uma mulher de tom de pele escuro que deseja clarear os fios?

Henrique: Acho que mulheres morenas e negras podem sim ser loiras, mas o cuidado deve ser dobrado. Geralmente essas mulheres alisam os fios, e é aí onde mora o perigo. Loira e lisa, só mesmo para quem tem cuidados diários, como as celebridades. Investir em tratamentos é fundamental para esse tipo de mulher.

Ser loira não necessariamente quer dizer que ela terá fios ultrablonds. Um clareamento natural e suave já consegue um visual iluminado. Antes de pensar em clarear os fios, testes de resistência devem ser feitos por um profissional.  Só ele poderá fazer o diagnóstico e decidir qual o grau de clareamento que mais combina com sua pele e sempre respeitando a saúde dos fios.

Portal: Na hora da transformação, como evitar a armadilha dos tons de loiro artificiais?

Henrique: Discutir com a cliente qual o grau de clareamento ela deseja, e aplicar técnicas que neutralizam cores indesejadas é sempre o melhor a ser feito. E loira que é loira não retoca a raiz em casa nem demora 30 dias para fazer a manutenção. A loira de verdade retoca suas raízes de 20 em 20 dias, faz tratamentos regularmente e apara as pontas quando necessário.

Portal: Mulheres mais velhas e loiras, como Donatella Versace e Suzana Vieira, que já apareceram com cabeleiras compridas e claríssimas, geralmente são muito criticadas por esse tipo de visual. De que forma o loiro deve ser adaptado a essas mulheres?

Henrique: Acho que o problema nem é a cor, mas sim o comprimento superlongo. Eu particularmente não acho elegante mulheres "mais experientes" exibindo longos cabelos. Existe até um ditado que diz: “mulheres não envelhecem, elas enloirecem!”

Os cabelos escuros tendem a valorizar as áreas mais escuras do rosto. Já os tons claros iluminam a pele e mantêm o visual mais jovem, principalmente quando acompanhados de franja.

Portal: É mito ou verdade o que dizem sobre o fato dos cabelos loiros terem um preço de manutenção superior em relação às outras tonalidades? Você recomendaria a uma pessoa que não tem condições financeiras ou paciência de fazer os tratamentos e manutenções adequadas a evitar o visual?

Henrique: Cabelo claro requer um cuidado especial, manutenções semanais e boa disposição financeira. Se a cliente não se encaixar nesse perfil, melhor mesmo é ter o cabelo natural! Nada é mais feio do que cabelo claro com raiz crescida. Passa a impressão de descuido e relaxo, o que não combina nada com a mulher atual.

Portal: Quais cortes de cabelo você sugere para acompanhar uma coloração loira?

Henrique: A vantagem das madeixas loiras é combinar com qualquer tipo de corte. Por ser claro, valoriza - e muito - as mais diferentes linhas. O importante mesmo é adequar o corte ao tipo de textura e criar um visual que valorize o formato do rosto.

Portal: A tendência de fazer mechas vermelhas ou pretas nos cabelos loiros ainda está em alta? Para quebrar a monocromia e dar efeitos mais suaves e naturais, quais são as suas dicas?

Henrique: Se o cabelo for loiro, prefiro trabalhar com nuances tom sobre tom e cores mais claras, mas que não fujam da tonalidade base. Cabelos vermelhos com mechas acobradas me encantam. No entanto, misturar essas ou mais tonalidades não cria harmonia.

Créditos
Homa Elite Salon
Tel. (11) 5093-7503
www.homasalon.com

E confira também:

Tudo sobre mechas californiana.

Passo a passo de corte de franja para suavizar o rosto e dar leveza ao visual

Rede Sanrizz usa sobriedade em favor do estilo na coleção Voyeur