Franjas e suas variações

As franjas dão um toque todo especial ao visual. É moderno e ao mesmo tempo retro. E está sempre na moda! Para explicar tudo sobre esse tipo de corte, entrevistamos Philip Hallawell, criador do conceito de visagismo Philip Hallawell.

Segundo o especialista, todos os formatos de rosto combinam com algum tipo de franja, mas é preciso ter cuidado com o comprimento e o estilo escolhido para ela. Veja 5 dicas preciosas:

  • A franja que cobre totalmente a testa, deve ser evitada por pessoas com rosto curto e largo, pois encurta a face ainda mais. Ela também deve ser deixada de lado por quem tem o rosto laterais inclinadas que se juntam na ponta do queixo (triângulos invertidos ou losangos).
  • Linhas retas verticais (encontradas em topetes) expressam força e podem endurecer um rosto retangular ou quadrado, mas fortalecem rostos ovais e hexagonais.
  • Linhas inclinadas são encontradas em franjas laterais e expressam dinamismo e criatividade.
  • As franjas onduladas expressam suavidade. Essa franja acalma quem é excessivamente agitado ou de temperamento forte.
  • Para homens, pequenas franjas laterais, onduladas ou inclinadas, dão uma expressão mais criativa, rebelde ou irreverente. O topete dá força. A maioria dos executivos, no entanto, prefere pentear o cabelo para trás, o que projeta o rosto e proporciona mais força e poder de influência.