Durante o 9º Congresso Brasileiro de Estética e Cosmetologia realizado pela Bel Col, a bordo do transatlântico MSC Opera, os profissionais de moda hair também tiveram sua vez. E que vez! A cabeleireira Wanda Alves comandou uma palestra animadíssima sobre os estilos de cabelo que combinam com cada tipo de cliente. Nós do Portal Cabeleireiros.com estávamos lá e anotamos tudinho para passar para você. São dicas de uma profissional com anos de experiência e que são essenciais para o dia a dia. Confira!

Pronta para qualquer ocasião do dia, esta é a mulher esportiva, que tem um cabelo bem naturalMulher esportiva
Sabe aquele tipo de pessoa que sai de casa e precisa estar pronta para diversas ocasiões? Essa é a mulher esportiva. Ela trabalha, vai para a academia, corre o dia inteiro e precisa de um visual mutável, que se adapte tanto para uma reunião de negócios quanto para fazer supermercado. Para elas, fica a dica do rabo de cavalo. Mas lembre-se cabeleireiro: não é qualquer rabo de cavalo. É um rabo de cavalo bonito, com os cabelos à la Gisele, ondas grandes, chiques, mas, ao mesmo tempo, despojadas.

Mulher romântica

Todo cabeleireiro sabe o que é ter uma cliente toda fofinha, com umCachos harmoniosos e fios loiros: combinação perfeita para a mulher romântica tom de voz baixo e que depois de cortar apenas um dedo do cabelo dela ouve um suave: “Posso ver como está ficando?”. Essa é a mulher romântica. Para elas, fios com cachos bem definidos, comportados e com raízes baixas são sempre bem vindos. O loiro lidera entre a tonalidade preferida, pois reforça o aspecto angelical e tímido. Mas, claro, não é uma regra. Exemplos de mulheres com esse estilo são as atrizes Zooey Deschanel e a cantora Katy Perry.

Outra coisa que elas adoram são os acessórios. Fitas, flores, tiaras... vale tudo para dar um toque especial e leve no visual.

Claudia Schiffer, um exemplo clássico de mulher tradicionalMulher tradicional
O caminho mais fácil para perder essa cliente é chegar nela com uma revista onde está estampado um corte ultra moderno e dizer: “Vamos fazer uma transformação radical?”. Não, não e não. Ela gosta é de madeixas com um tom só, pouco movimento nos fios e cortes com linha horizontal e diagonais inferiores muito leves. Franjas? Em raríssimos casos! Linhas retas? Sempre!

Mulher elegante

Essa é a mais difícil de trabalhar, pelo fato dela ser a mais exigente. As franjas poderosas é um dos pontos altos do looks das mulheres elegantesCom tudo. Não é só o cabelo dela que precisa ficar impecável. O seu salão também deve estar. O café servido a ela não pode ser fraco nem forte demais, as revistas para ler na sala de espera não podem ser da semana passada... já reconheceu, né?

Neste caso, fios com duas cores até podem ser sugeridos, desde que não haja divergências no tom sobre tom. Mechas levíssimas e uma base escura com um manto um pouquinho mais claro para dar movimento também vai ao encontro do gosto delas, assim como os tons terrosos puxados para o areia.

Elas também amam ondas, topetes, franjas e tudo que dê uma sensação de altura na cabeça, o que aumenta a sensação de longevidade e poder.

Os cabelos são tudo no visual da mulher sexy, que tem na top Cindy Crowford uma de suas mais fieis representaçõesMulher sexy
Quer reconhecer esse tipo de cliente? Mostre a ela qualquer capa da revista Nova. Se ela voar em cima da revista dizendo que amou, você tem uma mulher sexy na sua cadeira. Fios com muito volume, esvoaçantes, com cores intensas... o vulgo “cabelão” é o que elas querem. Por isso, nunca, jamais, em tempo algum cogite sugerir a ela um corte curto. O cabelo desse tipo de cliente é o bem mais valioso da vida dela!

As cores são sempre fortíssimas. O preto é bem preto, o loiro é bem loiro. Para alegrá-la, sugira mechas bem marcadas na linha frontal, cachos grandes, que dão mais movimento e capriche no mousse para dar aquela finalização de parar o trânsito. É isso o que ela quer!

Mulher criativa
Visualize a cena: a cliente chega no seu salão um dia e pede cabelosMudança de visual a cada 15 dias: ninguém segura a mulher criativa pretos. Dali 15 dias ela volta e pede para clareá-los. Passadas mais duas semanas, ela volta e pede para clarear mais ainda. Numa próxima visita ela recomeça o ciclo e quer escurecê-los outra vez. Essa é a mulher criativa, cujo cabelo é uma espécie de termômetro para representação do humor. Cores díspares em curto espaço de tempo é a preferência delas, em contrapartida a qualquer tratamento de hidratação, o que, geralmente, faz elas correrem.

No corte, um look suave, com fios mais curtos, muita pomada e gel vão agradá-la com certeza. Ah, e se você misturar outros elementos, pode ter certeza que vai ganhar vários pontos e conseguir uma cliente fiel.

E confira também:

O que vai fazer a cabeça da mulhereda no outono-inverno 2010

Tranças: confira os tipos e como deixá-las sempre lindas