Splashlights: Técnica de coloração chega ao país e já faz sucesso nos cabelos das brasileiras

Ombré hair, californianas, mechas invertidas, entre outras técnicas de luzes estão dando lugar para uma novidade: os splashlights, que surgiram nos Estados Unidos e chegaram ao Brasil fazendo sucesso nos salões.

O visagista e tricologista Arillson Christino, do Instituto de beleza Moça Bonnita, explica que o procedimento é simples e não tem necessidade de manutenção: “O método é menos agressivo. Trata-se de uma pequena faixa de luz horizontal nos cabelos, que se estende de orelha a orelha e dá a impressão de que eles foram iluminados pelo sol, com suavidade ou com intensidade, dependendo da aplicação”.

A novidade surgiu em Nova York, há cerca de um ano, e ganhou adeptas entre as celebridades internacionais, como a atriz Jessica Biel e a cantora Caroline Polachek.

Esta é uma proposta bastante ousada e moderna, para mulheres autoconfiantes e que procuram novidades. “As mais arrojadas preferem um contraste entre a cor natural e as luzes, enquanto as mais discretas optam por um ou dois tons mais claros”, explica Ari.

Quem pode investir nos splashlights

Os splashilghts podem ser aplicados em todos os tipos de cabelos, sejam lisos, ondulados, longos, curtos, descoloridos ou com luzes. A única exceção é para os cabelos curtíssimos, uma vez que esse tipo de coloração surte efeito quando colocado pelo menos a três dedos da raiz.

Assim, como em qualquer procedimento, os cabelos alisados, com progressiva ou outras químicas devem passar por uma avaliação antes de receber os splashlights. “Primeiro nós avaliamos a saúde dos fios e se eles estiverem compatíveis com o grau de clareamento separamos a quantidade desejada e aplicamos o produto no local a ser colorido, podendo ser uma faixa mais larga ou mais estreita, o que vai determinar é o gosto da cliente e o comprimento dos fios”, conta Ari.

Além disso, essa técnica não requer manutenção: “conforme o cabelo cresce, a mecha desce. Não precisa retocar e pode ser feita apenas uma vez. Uma hidratação mensal e os cuidados feitos em casa já são suficientes para manter as madeixas lindas e iluminadas”, resume o visagista.

A relação custo-benefício do splashlight acaba sendo enorme, por ter uma durabilidade maior, sem necessidade de retoques, como nos métodos tradicionais. Já, o tempo que demora para se chegar ao resultado final vai depender de cada cabelo, como nos demais métodos de coloração.

Mais informações:

Moça Bonnita Instituto de Beleza
(11) 5572-8231