Gennaro PreiteNão é só no verão que os cabelos merecem cuidados especiais. Agora no inverno devemos ficar atentos a eles, as baixas temperaturas mudam nossos hábitos prejudicando a saúde e a beleza das madeixas.

Para evitar que isso ocorra, conversamos com o cabeleireiro, Gennaro Preite, que é consultor técnico da Condor, líder nacional na fabricação de escovas para o cabelo.

Portal: Há algum tipo de produto especialmente indicado para usar no inverno?
Gennaro: No caso dos cacheados e os crespos o ideal é usar cremes umidificantes que evitam a desidratação dos fios. Para os lisos ou cabelos escovados e pranchados, os protetores termos-ativados são de extrema importância, pois protegem os fios do excesso de calor no frio.

Portal: Os cabelos devem ser lavados na mesma quantidade de vezes no inverno e no verão, ou há diferenças?
Gennaro: Depende. Em certos casos, no inverno, os cabelos ficam menos oleosos e alguns não necessitam de tantas lavagens, outros, já com comportamento mais complicado, como os muito oleosos, com muita eletricidade estática (fios arrepiados) precisam de um número maior de lavagens. No caso dos cabelos com excesso de químicas pode se revezar o shampoo de tratamento (pH neutro) com o de uso normal.

Portal: Lavar os cabelos com água mais quente e depois aplicar um creme, evita o ressecamento provocado pela alta temperatura da água, ou essa não é uma alternativa eficaz?
Gennaro: Na realidade o uso de água quente nas lavagens pode aumentar a oleosidade dos fios, já que a água quente consegue retirar uma maior quantidade de oleosidade do couro-cabeludo, fazendo com que a mesma permaneça nos fios e com o uso do creme, isso pode aumentar. É ideal, se usar a água muito quente, lavar o couro cabeludo primeiro duas vezes e, depois, lavar o comprimento do cabelo.

Portal: Os cabelos ficam mais "pesados" no inverno ou é impressão? Por que?
Gennaro: As baixas temperaturas provocam sintomas diversos. Em algumas regiões, onde o frio é mais acentuado, costuma-se ver cabelos com frizz, aqui na região sudeste, onde os dias gelados não são tão intensos, mas apresentam fortes ondas de vento que carregam micro elementos como pó, poluição dos carros. Além disso, algumas mulheres não têm costume de secar os cabelos o que resulta num acúmulo de água nas fibras que ficam inchadas, dando a impressão desse peso. Outro fator é que no inverno se corta "menos" o cabelo.

Dicas
• As baixas temperaturas também afetam os fios. Evite sair de casa com os cabelos molhados, pois a água se solidifica e facilita a quebra da fibra. Com isso, o uso dos secadores acaba sendo inevitável, mas não tem problema desde que a secagem seja feita corretamente com a proteção de um creme termo ativado.

• A utilização de chapéus, bonés e gorros, em excesso, também pode prejudicar as madeixas, já que aumentam a oleosidade e o possível aparecimento de fungos e bactérias.

Gennaro Preite é cabeleireiro e consultor técnico da Condor, líder nacional na fabricação de escovas para o cabelo.

Mais informações no SAC Condor: 0800 47 6666 ou no site: www.condor.ind.br