Hairstylist Hélida CasanovaO espírito irrequieto do adolescente pede mudanças constantes, que, às vezes, podem resultar em muita choradeira se o resultado não sair exatamente como havia sido imaginado. Os cabelos são constante alvo desses anseios de mudanças, principalmente quando uma atriz, ou uma cantora, surge com um visual novo.
 
A hairstylist Hélida Casanova, do Planet Hair, de São Paulo, recomenda aceitar as novidades, mas sem radicalismos. “Nessa fase, é preciso cuidado ao ousar, para não se arrepender mais tarde”, diz. 

Portal: Mudar a cor dos fios é desejo de muitas mulheres, inclusive as adolescentes, neste caso o que você recomenda:
Hélida: Há várias alternativas, como tonalizantes, mechas, luzes e reflexos, que iluminam o rosto sem ressecar ou estragar os fios. A tintura contém água oxigenada e amônia, portanto promove mudanças mais radicais e por tempo indefinido. Por isso, o seu uso é desaconselhável para as adolescentes. 

Portal: Existe alguma diferença na textura do cabelo de um adolescente e de um adulto?
Hélida: A princípio não. O que pode diferenciar um do outro é o tratamento dado ao fio de cabelo. Uma adolescente, por exemplo, que pratica natação, se não lavar e tratar de forma adequada tende a ter um cabelo mais castigado, do que um adulto que corta as pontas regularmente, hidrata e cuida. Entretanto, há uma diferença na textura, caso o adulto tenha fios brancos, que em função da ausência da melanina, são mais grossos e duros.

Portal: Qual deve ser a reação do profissional ao atender um adolescente que pretende mudar radicalmente os cabelos?
Hélida: O profissional deve conversar muito antes de fazer qualquer mudança radical, para evitar futuros problemas com o próprio adolescente e até mesmo com os seus pais. A cabeleireira deve saber qual é o motivo que o estava levando a adotar tal atitude; se os pais estão sabendo e se estão de acordo. O profissional também deve analisar o tipo de rosto, tom da pele, estilo e personalidade, entre outros, para ver se a mudança vai ficar bem ou não. Deve, ainda, orientar se o corte ou tintura vai precisar de cuidados posteriores e de manutenção no salão de beleza.

Portal: E o que devem fazer os profissionais com aquelas jovens que desejam um cabelo igual ao de uma artista?
Hélida: A primeira coisa a fazer é verificar se aquele cabelo vai ficar bem na jovem. Ou seja, se combina com o seu perfil, personalidade, tom de pele, formato do rosto, tipo de cabelo etc. Deve informar também que, normalmente, os cabelos das artistas são constantemente tratados por profissionais qualificados e com produtos de qualidade.

Portal: Que cuidados que você recomenda são para não desencadear nenhum problema psicológico no adolescente?
Hélida: Com certeza, pois dependendo da mudança que a jovem adotou ela pode ficar traumatizada com o resultado. Se a garota tem um cabelo muito comprido, e só porque determinada atriz está usando um cabelo muito curtinho (como, por exemplo, a Mariana Ximenes) resolve cortar igual, a profissional deve alertar, que pode não ficar bem, pois ela tem o rosto muito cheio, ou porque não combina com o seu estilo etc. Deve avisar, ainda, que em certos casos não há volta!

Portal: Há algum tipo de padrão atual de cabelos para adolescentes? Em caso positivo, o que você acha dessa tendência?
Hélida: Atualmente há muita liberdade nos cortes e cores. O importante a pessoa se sentir bem e bela. As garotas devem sempre procurar cortes e cores que combinem com o seu jeito de ser, cor e formato do rosto. Podem também adotar os “modismos” com ligeiras adaptações ao seu perfil.

Portal: Algumas marcas fazem promoções especiais para adolescentes, você acha que os salões poderiam pensar numa ação semelhante?
Hélida: Sim, acho a iniciativa muito interessante. As promoções podem atrair um número maior de adolescentes ao salão. Dessa forma, com o suporte de um profissional, eles vão deixar de fazer “experiências” caseiras com papel crepom, descolorantes e tinturas, entre outros, e passarão a ter um cabelo mais bonito e cuidado.

Portal: Quando o assunto é cabelo, qual o maior pecado que as adolescentes costumam cometer?
Hélida: São justamente as fórmulas caseiras de tintura, alisamento e cortes, entre outras.

A seguir a profissional passa algumas dicas para loiras, morenas, negras e orientais, com a orientação de que todos os procedimentos sejam feitos nos salões de cabeleireiros.

Dicas para as loiras 
• Clarear as pontas e tonalizar os fios de dourado, mel e avelã dá um efeito queimado muito bonito.

• Um look mais arrojado pode ser obtido com reflexos acobreados e com mechas em vários tons e tamanhos .

• As loiras de pele muito clara ficam bem com reflexos dourados ou cor de mel.

• Quem tem o tom de pele mais queimada pode adotar os cabelos com nuances champanhe e louro dourado.

• Use um shampoo específico para cabelos loiros, pois além de realçar os reflexos tira o amarelado dos fios.

• Enxágüe os cabelos com chá de camomila, pois dá brilho e intensifica a cor.

Dicas para as morenas 
• Quem tem os cabelos castanhos pode fazer luzes avermelhadas ou para o chocolate claro.

• Pontas luminosas - clarear somente as pontas , mantendo o fundo mais escuro, dá um efeito de fios queimados do sol muito interessante!

• Outra opção é descolorir as pontas e tonalizar nas cores chocolate ou louro acobreado. Usar tintura nessa “faixa” três tons abaixo da cor natural também da um belo efeito.

• O shampoo tonalizante dá brilho, cor e hidrata os cabelos, agindo só na superfície. Ele intensifica a cor natural dos cabelos e dá nuances nos tons chocolate, acobreado e vermelho.

• Enxaguar os cabelos com um chá feito com a casca de cebola vermelha intensifica a cor e o brilho dos fios.

• Usar shampoo específico para realçar os cabelos castanhos, sejam eles naturais ou com algum tipo de química. Eles valorizam as luzes, dando mais luminosidade e aumento do brilho.

Dicas para as Negras
• Amaciamento (mais suave que alisamento) solta as ondas, deixando o cabelo mais natural e ajeitado.
• Shampoo tonalizante - Além de avivar a cor e de dar mais brilho proporciona nuances em tons vermelho, acobreado e chocolate.
• Reflexos com dois tons diferentes de vermelho ou acobreado.

Dicas para Orientais 
• Corte desfiado em camadas, que proporciona mais volume e um aspecto diferente, principalmente se for feito um "amassadinho" com a ajuda de mousse e de um modelador.
• Clareamento só das pontas em tons mais claros do que o cabelo.
• Reflexos em tons que variam do marrom a cor de mel.

Hairstylist Hélida Casanova - Planet Hair – telefone: (11) 3895.6996