28ª edição da Casa de Criadores

O calor acaba de chegar, mas as tendências já apontam para o inverno. Tanto que na última semana de novembro, em São Paulo, foram apresentadas as apostas da Casa de Criadores para a próxima temporada. Veja de perto os traços mais fortes do make-up presente na 28ª edição do evento.

O novo preto

Como sempre, a cor preta aparece dominante na temporada fria. Por isso, os olhos escureceram e na mesma dinâmica da passarela, o preto do inverno 2011 vem texturizado, fato alardeado pelas roupas rendadas propostas por Walério Araújo. A interpretação aparece também na passarela de Jacinto, por meio de sombras negras esfumaçadas e nos olhos sólidos de gata escolhidos por Rober Dognani, estilista que se rendeu ao black total e vestiu todas as modelos com a cor.

Bocas em cena

Mas ainda há espaço para a maquiagem com ar saudável. Entre nudes e rosados, as mulheres de Cynthia Hayashi desfilaram bochechas coradas e lábios iluminados com gloss. Já na coleção de Karin Feller, as bocas chegam com um tom de rosa mais frio.

Quem desejar obter o mesmo efeito, pode recorrer ao batom Lustre, da coleção Viva Glam Gaga para a MAC  ou ao rosa ritmo da Natura Fases Zip. Porém, a tonalidade que virá com tudo é vinho, exibida nas bocas das modelos dos desfiles de Geraldo Couto e de Ale Brito, onde a cor apareceu mais intensa, em nuances de vermelho-vivo.

Inverno cintilante

Outra técnica de maquiagem explorada nesta edição da Casa foi a das pálpebras em degradê, com destaque para as sombras cintilantes. Adotada pelo beauty artist Jonatas, ela foi um sucesso no desfile de Thabata Gomes Sorgiacomo para o projeto Ponto Zero e por Rafael Melo, com os tons violáceos, na apresentação de Ivanildo Neves Vieira, também para o projeto Ponto Zero.

E confira também:

 Minas Trend dá uma prévia da maquiagem para o inverno 2011