Cursos gratuitosSe você domina a arte de embelezar as pessoas, mas não tem muita prática administrativa, o governo do Estado de São Paulo está oferecendo cursos gratuitos para te ajudar a conduzir os negócios.

A Escola do Empreendedor Paulista (EEP), que foi lançada em maio em parceria com a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), acaba de superar a marca de 48 mil inscritos.

Voltada para o microempreendedor, a EEP oferece 10 minicursos, no formato de ensino à distância. O objetivo do governo é oferecer informações para facilitar a gestão dos negócios, bem como auxiliar na manutenção das contas para melhorar os rendimentos.

Como fazer o curso de empreendedor

O curso é gratuito e os interessados podem fazer um ou mais módulos, de acordo com a disponibilidade de tempo. As aulas são rápidas e duram duas a três horas e aborda assuntos como Empreendedorismo na Prática, Atendimento ao Cliente, Consumidor e Fornecedor, Ações de Marketing, Formalização, Formação de Preços, Vendas e ganhos, Gestão Financeira, Higiene e Segurança e Sustentabilidade e Comunidade.

"O grande diferencial da Escola do Empreendedor é a forma simples com a qual são abordados todos os temas", afirma o secretário da SERT, Tadeu Morais. Ele reforça que os cursos ensinam como evitar as armadilhas do mercado que acabam prejudicando os pequenos empreendedores.

De acordo com Antonio Mendonça, idealizador da EEP e diretor-executivo do Banco do Povo Paulista (BPP), a escola foi muito bem recebida desde o lançamento e o número de inscritos cresce a cada dia. "O maior programa estadual de microcrédito do país que é o Banco do Povo Paulista, não poderia deixar de oferecer esse instrumento para capacitar o pequeno empreendedor do nosso estado", aponta Mendonça.

Mais informações:

www.escoladoempreendedor.sp.gov.br