Franquias de conversão chegam a metade do valor integral

As grandes marcas, sempre em busca de expansão, lançam no mercado modelos de franquias para que ela se espalhe e se consolide por todo o território. Porém, às vezes, mesmo com um nome forte, é preciso ter Know How e uma clientela fiel em determinados locais. Por isso, muitas franquias acabam tendo prejuízo por perder para concorrentes até menores. Existe também o outro lado da história, os pequenos empresários, que tem medo da grande concorrência.

Para resolver o problema e ambas as partes conseguirem se estabelecer com lucros uma opção é a contratação de uma franquia de conversão. Nela, o pequeno empresário apenas transforma o local para se adequar às regras do franqueador. O preço dessa modalidade chega a ser metade do valor integral.

Em várias clínicas de estética, isso acontece com freqüência, afinal, para quem já possui o espaço e os aparelhos, fica muito mais fácil agregar uma marca conhecida e comprar apenas o que falta para atingir o padrão exigido pela franqueadora.

Para a diretora do Grupo Spa da Pele, Lucienne Souza, agregar as franquias de conversão é mais fácil. “A pessoa já tem o espaço e muitos dos aparelhos, é só receber o treinamento e adaptar o local, o valor é bem menor”, afirma Lucienne.  No Spa da Pele, por exemplo, uma franquia de conversão custa R$70.000, enquanto começar do zero uma franquia da marca pode chegar até a 280 mil.

Essa é uma forma rápida de unir grandes e pequenos empresários. Segundo o diretor da Associação Brasileira de Franchising, Ricardo Camargo, essa é uma tendência em diversos segmentos do mercado, pois interessa ao lojista, ao prestador de serviço e também ao franqueador.

Mais informações
(44) 3236-1007
www.spadapele.ind.br