Dr. Wilson Przysiezny em palestra no Congresso Multiprofissional para a Saúde dos Pés

Observar, literalmente, como andam os pés, pode revelar reflexos de problemas posturais no corpo todo, diretamente ligados a eles ou não. Quem afirma é o Dr. Wilson Przysiezny, fisioterapeuta ministrante de uma palestra sobre a importância dos pés para a postura corporal no Congresso Multiprofissional para a Saúde dos Pés do BSG World Festival 2010.

Segundo o especialista, muitos profissionais da área de saúde desconhecem a relação que diversas regiões do corpo têm com a postura além dos músculos e ossos. Controlada pelo cérebro, ela depende das informações enviadas de várias partes do organismo. A visão, por exemplo, é essencial para a manutenção da boa postura. “Até o alinhamento da armação dos óculos pode influenciar”, diz Przysiezny. Outro grande fator de influência é o correto encaixe das arcadas dentárias, que garante o relaxamento adequado da mandíbula e evita reflexos em forma de má postura corporal.

"Não tem como separar o pé do resto do corpo"

Pode parecer que tais questões não têm a ver com os pés, mas não há como estudá-las separadamente – nas palavras do fisioterapeuta, “não tem como separar o pé do resto do corpo”. Por isso é tão importante que os profissionais do cuidado com essa área do corpo tenham conhecimento dessas e de outras causas de problemas posturais mais diretas – como a ocorrência de pés planos ou cavos. Com isso, se o paciente se queixa de dor nos pés e tem má postura, pode-se fazer uma investigação completa sobre sua verdadeira causa e indicar um tratamento mais eficaz.

E confira também:

Cirurgião Anthony Bisset fala sobre técnicas de tratamento de feridas e cicatrizes

Segundo o consultor de negócios Eric Light, cativar os clientes é a chave do sucesso de um empreendimento de beleza