Foto 02A segunda noite de Creative Color International teve início com a apresentação do hairstylist inglês John Santilli. Um universo de tonalidades intensas como laranja, preto, loiro e vermelho embalaram os penteados e cortes do artista.

Cabelos compridos surgiram nos formatos de V e A, quebrando a supremacia de fios curtos, mas esbanjando elegância. Esta que, aliás, foi a marca registrada do desfile de Santilli. Em vários momentos a moda oitentista demonstrou ter sido uma das maiores inspirações do hairstylist para compor seu desfile de looks perfeitos.
Entre eles, fios curtíssimos pretos e assimétricos, com uma enorme franja na altura dos olhos destacaram-se, junto a penteados que exibiam juntos ou separados, cachos em tons vermelho e preto. Outra aposta foi no visual liso com ondas nas pontas.

A mistura de cores foi um dos pontos altos da apresentação, queFoto 08 também foram usadas de maneira que novos tons fossem revelados conforme a posição da luz projetada sobre as modelos. Dessa maneira, até uma auréola de fundo azulado revelou-se.

Simetrias perfeitas deram as caras em franjas impecavelmente retas, nucas bem marcadas, e ora descobertas. Co-fundador da Vidal Sassoon Academy e criador do Santilli System, John Santilli ainda surpreendeu a plateia revelando seu lado dançarino. Ao som de Twist and Shout, dos Beatles, ele esbanjou espontaneidade ao realizar uma performance ao lado de suas modelos.