Cláudia SimõesPresos. Foi assim que os cabelos apareceram na maioria dos desfiles da segunda edição deste ano do Fashion Rio. Não que isso queira dizer que as madeixas estavam desprovidas de charme e estilo, pois as tranças entraram em cena com força para dar um toque todo especial – e exótico, em alguns casos - às produções.

As faixas - que já haviam dado as caras na Casa de Criadores, lembram? – apareceram de novo, e mostram-se dispostas a promover o revival da década de 1980, mas com ares contemporâneos. E com elas... mais fios devidamente presos em pequenos coques. Unidos às amarras estavam ainda os frisados,Printing presilhas, topetes e franjas retas.

Mas como no mundo da moda nada é regra, os cabelos soltos também surgiram. Em rabos de cavalos, é fato, mas estavam lá. Em raras ocasiões vieram cheios de volume e bem eriçados ou repartidos no meio, com algumas ondas.

E os cachos? Bem timidamente marcaram presença, mas confirmam a tese de que todos merecem seu espaço sob os holofotes.