Um dos motivos que fazem as mulheres voltarem mais preocupadas das férias de verão são os cabelos que ficaram esverdeados. De acordo com o hairstylist Pedro Paulo Marques, do salão carioca Pedro Paulo Cabeleireiros, isso acontece por dois motivos. O primeiro é o uso de tintura não adequada. A outra vilã da história é a piscina, mais precisamente o cobre (e não o cloro, como muitos pensam), usado para tratar a água.

Tratamento com coloração adequada repara o efeito esverdeado

O melhor a se fazer nesse caso é aplicar outra coloração em tom quente. “O melhor tom para a correção do resultado vai depender da cor da haste capilar e o estado dos cabelos”, diz o profissional.

Revertendo o estrago

Imprescindível que seja realizada no salão, a coloração deve ser feita com cores alaranjadas e douradas. “Após o tempo de pausa, lavo o cabelo com xampu neutro e em seguida aplico um cosmético próprio para ser usado após a coloração para reestabelecer o pH e ajudar a bloquear a oxidação, além de evitar o desbotamento do fio. Para a cliente continuar o tratamento em casa, indico os produtos específicos para cabelos tingidos com formulação que proporcione brilho intenso ao cabelo. Sempre indico cosméticos de marcas reconhecidas no mercado”, ensina.

Para atenuar um pouco o esverdeado até ir ao salão e reparar o estrago permanentemente, pode-se aplicar leite nos cabelos, deixando-os bem encharcados. Feito isso, dá-se uma pausa de dez minutos, retira-se o excesso de leite com um pente e repete-se a operação.

E confira também:

Lydia Guevara fala sobre sua formação e a importância dos penteados

As técnicas para construção de um look, por Sonia Lupin

Concurso Cultural Cabeleireiros.com e Tânagra Cosméticos. Participe!