Cabelos oleosos: como tratá-los

A oleosidade é um dos problemas mais comuns e que “permeia” a cabelereira de muitas mulheres. Mas.... Como cuidar desse tipo de fio, que insiste em apresentar um aspecto pesado e muitas vezes, sujo? Quem responde essa dúvida é o Lazinho, hairstylist do Salão LZ Beauty.

“Existem cuidados essenciais para diminuir a oleosidade e o aspecto pesado, como: manter os cabelos sempre soltos sem usar elásticos, tiaras, bonés ou lenços, que possam impedir a ventilação do couro cabeludo; não passar muito as mãos nem escovar demasiadamente nos cabelos, pois estimula a oleosidade”, recomenda.

Para tratar, shampoos adstringentes com pH neutro são fundamentais, além dos produtos “anti-caspa”, que também podem ser usados, alternando o uso entre um e outro.

Para quem sofre de oleosidade, limpeza é a palavra-chave!  “Os cabelos devem ser lavados diariamente alternando o uso dos shampoos indicados. Também deve-se evitar a água quente, pois a alta temperatura resseca os cabelos e estimula ainda mais a oleosidade”, explica o profissional.

Cuidados extras

Muitas pessoas devem achar que por serem oleosos, esse tipo de fio dispensa uma boa hidratação feita com máscara capilar e o uso de condicionador durante a lavagem. Ledo engano.

Lazinho salienta que existem máscaras específicas para cabelos desse tipo e que devem ser aplicadas da metade da raiz até as pontas, para evitar ressecamento das pontas e excessiva oleosidade na raiz. “Máscaras de hidratação podem ser aplicadas quinzenalmente e exfoliantes capilares podem ser aplicados semanalmente”, diz.

Já no salão e feito por um profissional, o profissional afirma que é importante utilizar shampoo anti-resíduos uma vez por semana, seguido de exfoliante capilar, como tratamento. “Máscaras de hidratação semanal para evitar ressecamento das pontas, que proporciona limpeza e hidratação para a adequada nutrição do bulbo capilar é essencial também”, comenta o hairstylist.

O poder das fórmulas

Cada produto contém ativos importantes que fazem toda a diferença aos fios. Lazinho explica. “Os shampoos com pH neutro ou sem sal, bem como os shampoos anti-caspa, atuam na limpeza e desobstrução de partículas de gordura acumuladas no  folículo piloso, tirando aquele aspecto "seboso" e dando leveza aos fios”.

Já o shampoo anti-resíduos e o exfoliante capilar, que geralmente possui hortelã, gengibre ou argila na fórmula, proporcionam frescor e limpeza mais profunda do couro cabeludo desobstruindo os poros. “Mas esse produto só deve ser utilizado uma vez por semana e de preferência, aplicados por profissionais no salão”, alerta.

E por fim, as máscaras de hidratação, que devem ser aplicadas quinzenalmente a fim de nutrir as pontas, repondo as proteínas perdidas e os lipídios, protegendo e hidratando os cabelos.