Platéia acompanha atenta o trabalho dos profissionais no campeonato Creative ColorO domingo começou agitado para quem passou pelo Creative Color Hair Show & Workshops (Palco das Américas), na quarta edição da Beauty Fair. Às dez horas da manhã, um campeonato entre cabeleireiros abriu oficialmente o Creative Color 2008, o maior evento em conteúdo técnico da América Latina. O 6º Campeonato Creative Color, organizado pela BSG em parceria com a Itallian Hairtech, foi dividido em três categorias: Cor, Corte e Penteado Feminino; Cor, Corte e Finalização Masculino e Criação Noite Livre.

Na primeira prova feminina, participaram 13 concorrentes de diversas partes do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Santa Catarina. Além disso, o campeonato também contou com a presença de uma competidora do Paraguai, Carolina Cuenca. Todos os cabeleireiros tiveram 30 minutos para fazer o corte, a secagem e a modelagem dos cabelos, que já estavam previamente coloridos (no mínimo dois tons, feitos com as colorações da Itallian Hairtech) e lavados.

Na prova masculina, os 12 concorrentes tiveram 40 minutos para cortar, secar e finalizar os cabelos. Todos os modelos entraram na arena com as madeixas coloridas e lavadas. A técnica de corte era livre, mas havia algumas exigências: deixar no mínimo dois centímetros de cabelo na nuca e no entorno do rosto, e usar apenas produtos da Itallian Hairtech na finalização dos penteados. Durante toda a competição, o trabalho dos profissionais foi acompanhado de perto tanto pelo público, quanto pelos fiscais da Itallian.

Mas a criatividade dos cabeleireiros transbordou mesmo na última etapa do campeonato, a prova Criação Noite Livre. Nessa fase, as modelos entraram na arena vestindo trajes de gala e com os cabelos pré-preparados, ou seja, secos, escovados ou enrolados em bobis. Durante 40 minutos, os espectadores puderam assistir ao incrível trabalho dos profissionais, que teve como resultado penteados de tirar o fôlego.

A cada fase da competição, os cabelos eram analisados por um time de jurados de peso. O júri, liderado pelo italiano Rino Farano, foi composto pelos top cabeleireiros Hugo Guerra, presidente da Intercoiffure Chile, Fernando Avendaño, Alfredo Rosas, Sílvia Saladino e por Jerriz Zambuzi, da equipe Itallian Hairtech. Após alguns minutos de muita expectativa do público, os jurados anunciaram a decisão, que foi quase um empate técnico. Os vencedores foram:

Categoria Feminino:
1º lugar - Gê Nunes
2º lugar - Márcio Carvalho
3º lugar - Edson de Jesus

Categoria Masculino:
1º lugar - Márcio Carvalho
2º lugar - Gê Nunes
3º lugar - Juliana Lima

Categoria Criação Noite Livre:
1º lugar - Carolina Cuenca
2º lugar - Daiane Brasileiro
3º lugar - Florêncio Neto

Ao somar os pontos das três competições, o grande vencedor do Campeonato Creative Color 2008 foi o carioca Márcio Carvalho, que levou o prêmio máximo de R$ 5.000,00. “Estou flutuando nas nuvens”, disse Márcio após a premiação. “Todo mundo que competiu teve que batalhar muito para estar aqui, e para mim é uma honra e um prazer ver meu trabalho reconhecido”, completou o vencedor sorridente.