No 4º dia do evento desfilaram as grifes Tessuti, Filhas de Gaia, Homem de Barro, Apoena, Eliza Conde, Maria Bonita Extra, Victor Dzenk e Cavendish. A terça-feira foi recheada de celebridades como Camila Rodrigues, Monique Alfradique, Natália Guimarães, Glória Maria, Reynaldo Gianecchini, Luíza Brunet e Raica, que foram prestigiar os desfiles.

Chapéus na passarela - Dia de glória para os chapéus, mostrando que o acessório pode estar em alta na primavera/ verão 2009. Isabeli Fontana veio pela Cavendish usando um branco e cabelos trançados atrás. O chapéu panamá apareceu na grife Maria Bonita Extra. O cabelo era um rabo-de-cavalo baixo, desarrumado. Outra que também optou pelo acessório foi a marca Apoena, acompanhando cabelos soltos e lisos.

Coques - Os coques desestruturados também prometem criar aquele look verão tipo “fui eu que fiz”, com mechas soltas na frente, arrepiados no alto da cabeça, num estilo “torceu e prendeu”, simplesmente. Elisa Conde trouxe em seu desfile um coque no alto da cabeça, mais para a lateral, todo desestruturado. Em As Filhas de Gaia, um franjão feito com o rabo-de-cavalo jogado pra frente foi o look escolhido pelo maquiador Lavoisier para representar a deusa mitológica de Gaia, que dá nome à marca e serviu de inspiração para a coleção.

Boca vermelha ou nude  - Até agora as apostas foram na boca vermelho-cereja ou nude. Nada de gloss. As texturas estão mais secas. Nos desfiles de ontem, predominaram os beges, pigmentos dourados e marrons nos olhos. Para iluminar o canto interno, o lilás. O top da maquiagem Celso Kamura garante que no verão 2009, o blush e o iluminador ganharão lugar de destaque na maquiagem. Dourados, cerejas e terracotas são os tons predominantes.

Inspiração no deserto - A marca Cavendish buscou inspiração no deserto do Saara. A maquiagem foi bem natural, com a pele levemente iluminada com blush cremoso para dar um aspecto de deserto e de pele bronzeada. Daniel Hernandez aplicou pigmento dourado em toda a pálpebra móvel e usou marrom para marcar a linha do côncavo. A boca veio apagada. E para dar ao aspecto de aridez do deserto, uma trança atrás, baixa. No alto da cabeça fios soltos e desarrumados.

Cílios postiços e muito rímel - Nos desfiles, os cílios postiços, cobertos com muita máscara, não podem faltar. O maquiador Carlos Carrasco garante que os cílios vão deixar de ser um recurso de passarelas e cair em uso. “É questão de tempo”, afirma.

Minas Gerais e o Barroco presente - Victor Dzenk fez uma homenagem a sua Minas Gerais e convidou a ex-miss Brasil Natália Guimarães para desfilar pela marca. Nas roupas, estampas sacras, florais, muito dourado, branco, amarelo, e muito patchwork.

Flores e mais flores - Mais um dia de arranjos florais no cabelo. Victor Dzenk enfeitou o coque desestruturado com um belo arranjo de flores em metal e tela metálica dourados.