esfoliacaoA esfoliação é uma etapa importante na rotina semanal de cuidados de beleza, pois atua na remoção das células mortas, cujo acúmulo pode deixar a pele sem luminosidade e viço. Além disso, torna a pele mais receptiva aos cremes aplicados. Karoline Pellacani Gonçalves da Silva, farmacêutica especialista em Cosmetologia da Adcos Cosmética de Tratamento, mostra os benefícios que a esfoliação oferece.

Por que a esfoliação ajuda a manter a jovialidade da pele?
O acúmulo de células mortas deixa a pele sem viço, sem brilho e com textura áspera e ressecada. A esfoliação garante uma derme mais fina e brilhante, além de ajudar na absorção dos ingredientes cosméticos, como hidratação, nutrição e anti-idade.

O que é um esfoliante químico? 
O esfoliante químico promove o afinamento da pele, removendo as células mortas pela ação dos ácidos. Deixa a pele mais fina, lisa e bonita. 

O que é um esfoliante físico? Quais seus benefícios e modo de ação? 
O esfoliante físico é constituído por pequenas partículas insolúveis que, por ação mecânica (atrito) na pele, promovem um leve afinamento.

Por que é importante umedecer a pele antes de passar o esfoliante físico?
Dessa maneira, o esfoliante desliza com mais facilidade, ajudando no espalhamento durante a aplicação. Isso evita que o atrito seja excessivo.

Existem produtos de hidratação ou máscaras que fornecem uma leve esfoliação? Quais ingredientes elas contêm?
Essa é uma função adicional que as máscaras podem oferecer. Um exemplo é a Máscara 10AG, da linha Neoderm Complex, que promove esfoliação química pela presença de 10% de ácido glicólico. Mas vale lembrar que este produto deve ser usado somente se a pele estiver necessitando de renovação.

Quais as dicas que você tem de como aplicar o esfoliante corporal ou o facial?
Se a pessoa quer praticidade, indicamos o uso de sabonete esfoliante, assim conseguirá fazer duas ações ao mesmo tempo e durante o banho. Aplique o esfoliante físico com movimentos circulares para ativar a circulação local e deixar a pele mais nutrida. Se for usar o esfoliante químico, atenção para aplicar o produto uniformemente na pele para que a renovação seja homogênea.

De acordo com o tipo de pele, qual deve ser a frequência de uso do esfoliante?
As peles normais, mistas e oleosas podem usar o esfoliante duas vezes na semana. Já nas mais secas, a frequência é menor: uma vez na semana e não pode ser uma esfoliação intensa. Para as peles acneicas, não é recomendável a esfoliação física, somente química, conforme orientação do dermatologista.

Quais são os principais cuidados após a esfoliação do corpo e do rosto?
O próximo passo após a esfoliação é a hidratação, que será mais efetiva já que a camada de células mortas da superfície foi removida. Os ativos permearão com mais facilidade.

Por que é bom esfoliar a pele dias antes de tomar sol?
Ter a pele lisinha e mais fina antes de se expor ao sol permite um bronzeado mais uniforme, mas cuidado para não exagerar. Lembre-se que a primeira função da nossa pele é nos proteger dos agentes externos e um desses agentes é o sol. Importante utilizar filtro solar e obedecer a freqüência de uso.

11. Quais são os riscos de se usar receitas caseiras de esfoliação que levam açúcar ou sementes?
O uso de agentes esfoliantes caseiros não permite uma esfoliação uniforme, pois o tamanho das partículas não mantém uma regularidade e até mesmo a concentração pode variar, dessa forma a esfoliação não será homogênea. Sem contar que os ingredientes naturais, normalmente usados, podem apresentar partículas grandes que “riscam” e deixam a pele irritada.

Mais informações:

ADCOS
0800-722 1123
www.adcos.com.br