Brasil recebeu cerca de 900 visitantes das mais variadas partes do mundo para prospecção de negóciosA sétima participação consecutiva das empresas brasileiras de cosméticos na Cosmoprof, realizada de 29 de março a 2 de abril, em Bologna, na Itália, contribuiu tanto para a consolidação de contatos quanto para a abertura de novos mercados. O volume de negócios realizados na feira atingiu o valor de US$ 780.000 e a estimativa é de que os próximos 12 meses ainda rendam cerca de R$ 8,9 milhões aos cofres brasileiros.

“Embora a maioria dos expositores traga produtos com o apelo natural, cada um possui uma interpretação diferente e criativa. Vejo que a integração internacional se fortalece a cada ano e a conseqüência desta estratégia é uma inserção cada vez maior dos cosméticos brasileiros em países do primeiro mundo”, afirma João Carlos Basílio da Silva, presidente da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) que, com o apoio da APEX-Brasil (Agência para Promoção de Exportações do Brasil), possibilitou a participação de 18 empresas nacionais no evento.
Participaram do evento 18 empresas nacionais
Foram elas: Amazon Secrets, Amazônia Natural, Bonyplus, Brazilian Fruit, Cless, Condor, Kanechomn, L’Ácqua di Fiori, Marcelo Beauty, Muriel, Nazca, Nunaat, Plumas e Gemas, Sina Cosméticos, Sther, Surya Cosmetics, Very Important e Vitaderm.

“Outro ponto positivo é que a Cosmoprof Bologna é um espaço de intercâmbio em que as empresas não apenas recebem a visita de distribuidores e compradores, mas também de fornecedores de matéria-prima, que podem oferecer reduções significativas no preço dos produtos”, completa Basílio.

Nesta edição da Cosmoprof, o Brasil recebeu cerca de 900 visitantes das mais variadas partes do mundo para prospecção de negócios, com destaque para a Europa e o Oriente Médio. Os contatos com esses países poderão ser ainda mais fortalecidos durante a BeautyWorld Middle East, feira de beleza que será realizada em Dubai, nos Emirados Árabes, de 20 a 22 de maio.

Destaques - Um dos exemplos da constante adaptação dos produtos brasileiros ao mercado internacional é a empresa Cless Cosmetics, que fez sua terceira participação na Cosmoprof Bologna, apresentando uma linha completa de tratamento e transformação para os cabelos. "Nesta edição da feira, fechamos negócios importantes com distribuidores dos Emirados Árabes e Arábia Saudita. Um comprador da Ásia também nos estimulou a tomar decisões estratégicas para avançar neste mercado", garante Maurício Campos, diretor executivo da empresa.

Os resultados obtidos na feira também foram comemorados por expositores estreantes no evento, como Amalia Sina, presidente da Sina Cosméticos, que fez o lançamento mundial da linha Amazonutry de produtos nutritivos para cabelos. "Na Cosmoprof recebemos visitas promissoras de profissionais que querem distribuir nossos produtos na Itália, o que prova que a empresa alcançou um diferencial que interessa ao mercado europeu", afirma Amalia.