O formol voltou a ser notícia na América do Norte nesta semana. Desta vez, foi a vez do governo americano se manifestar sobre a substância formaldeído (base de formol), usada em alguns produtos para alisamento de cabelos, esmaltes para as unhas entre outros, como potencial causadora de câncer. Em 2004, a Organização Mundial da Saúde (OMS), já havia classificado a substância como agente cancerígeno.

Governo americano manifesta-se contra o uso de formol em produtos de beleza

Além do formaldeído, o relatório preparado por uma equipe de toxicologistas do Instituto Nacional de Saúde, apontou o estireno, conhecido como benzina de vinil, como outro possível causador da doença. Outros sete produtos químicos foram listados como prováveis cancerígenos, entre os quais o ácido aristolóquico, encontrado em plantas usadas em fórmulas contra artrite.

O relatório de 2011 apontou riscos maiores às pessoas em contato frequente com o formaldeído e o estireno, como funcionários de salões de beleza. Porém, recomendou-se aos consumidores americanos a diminuição da exposição a essas substâncias e lhes sugeriu observar a presença de formaldeído em suas fórmulas antes de comprar e usar um produto.

Dor de cabeça, asma e câncer estão associados ao formol

Os relatórios do Departamento de Saúde dos Estados Unidos têm sido avaliados com respeito. O 12º, este mais recente, teve o cuidado de atrasar a divulgação em um mês para antes informar os setores industriais afetados.

Pelo menos em dois Estados americanos - Illinois e Oregon - e um organismo federal já haviam emitido alerta sobre o produto Brazilian Blowout Acai Professional Smoothing Solution, fabricado por uma empresa da Califórnia, por seus níveis de formaldeído acima dos recomendados.

Trata-se de um composto usado para alisamento temporário de cabelos, em um processo similar ao da popular "chapinha japonesa". O relatório apontou efeitos como dor de cabeça, vômito e ataque de asma em funcionários de salões expostos ao produto. Também registrou casos de câncer na passagem nasal e de leucemia em embalsamadores de corpos - prática comum antes de funerais nos EUA. 

E confira também:

pH: a nova preocupação de quem tem cabelos com alisamento químico

Tranças, cachos e chanéis predominam nos looks da Passarela BSG World