DivulgaçãoA notícia parece ser de um filme de ficção científica, mas é real. Baseada no carbono contido nos fios de cabelo, a empresa Brilho Infinito traz pela primeira vez para o Brasil a tecnologia de transformar madeixas em diamantes. Apesar de ter sido descoberta pelos americanos em 1954, a técnica é bastante recente em países importantes como Espanha e Japão - O Brasil será o único da América Latina a produzir a joia.

Durante o processo, chamado de high pressure high temperature, o cabelo é levado a um forno especial em uma temperatura elevada para extração do carbono contido nos fios. Em seguida, o material é prensado até se transformar em uma pastilha de carbono. Depois, é colocado no interior de um equipamento de alta tecnologia e submetido a uma pressão equivalente a 45 mil atmosferas e a uma temperatura entre 1500 ºC/ 1600ºC. O resultado é uma pedra bruta de diamante pronta para ser lapidada.

De acordo com a empresa, todos os tipos de cabelos podem ser submetidos a tecnologia, sendo que até mechas de pessoas diferentes podem ser combinadas. Para comprovar a transformação, a Brilho Infinito grava o processo e o envia aos clientes. Além disso, a joia passa por uma autenticação do Laboratório Gemológico Dr. Rui Ribeiro Franco, tido como um centro de excelência em gemologia no Brasil, e também pela pela gemóloga e responsável pelo laboratório IBGM, Jane Gama.

Mais informações:
www.brilhoinfinito.com.br