É tradição: os megashows estão entre as atrações mais esperadas pelo público que frequenta a Hair Brasil. Neste ano, em que a feira completou 10 anos, foram preparadas 16 atrações, entre hairstylists brasileiros e estrangeiros.

Megashows Hair Brasil 2011

No dia 3, Charles Veiga iniciou a maratona de beleza com seu show Glamour. Nele, o hairstylist mostrou sua coleção de penteados para o inverno, todos muito sofisticados e primando pelos coques, sempre volumosos, look presente em massa em diversos megashows, como se verá a seguir.  Na sequência, Beto Bravo e Ricardo Guerra promoveram uma grande homenagem aos cachos e aos fios volumosos em Dez Sentidos. Para mostrar a atitude dos cabelos e a criatividade dos profissionais em sua totalidade foram utilizados recursos em 3D e maquiagens inovadoras. 

Colorações vivas e inspirações futuristas

Depois, a equipe da Intercoiffure Argentina, formada por Alejandro Levanat, Alfredo Rosas e Enrique Perucco, apresentou seu moderno conceito latino-americano de moda hair realizando releituras e interpretações de grandes tendências mundiais. Logo em seguida, a Intercoiffure Peru entrou em cena com Arquitetura da Moda, coleção de cortes e penteados com formas lineares e placas irregulares aplicadas em diferentes estilos. Além do popular volume e dos contornos avant-garde sobrou espaço para mechas coloridas em tons bem vivos e mechas com diferentes comprimentos.

Para fechar a primeira parte de megashows do dia, os integrantes da Intercoiffure Junior’s inspiraram-se no filme Tron – O Legado e com muita irreverência assinaram looks futuristas. Entre os elementos presentes, coques divididos em duas partes, no formato de laço, topetes altos, mechas loiras e tonalidades de vermelho e castanho bem brilhantes. Dividido em duas frentes, o show teve sua segunda metade reservada ao vanguardismo.  Desta vez os jovens talentos da Intercoiffure abusaram das formas arredondadas e dos enfeites prateados.

Musas de Hitchcock e cabelos com efeitos 3D na passarela

As técnicas de coloração da Wella e o relançamento da linha Blondor foram os principais motes do megashow de Wella Professionals. Com uma abertura inspirada no filme Cisne Negro, a apresentação da marca trouxe ao palco da Hair Brasil o cabeleireiro Rick Wellman. O destaque ficou a cargo dos estilos multidimensionais, com até quatro tons, que mesclados, formaram efeitos 3D. Coques banana, franjas retas, tranças e cachos feitos com babyliss foram as apostas do hairstylist para realçar a beleza das cores.

O primeiro bright show da noite ficou a cargo de Hugo Beauty, que apresentou chaneis de vários comprimentos, sempre com nucas bem curtinhas, tendência bastante popular atualmente. Inspirado pelas estrelas dos filmes de Alfred Hitchcock, o cabeleireiro recriou os cabelos usados por Grace Kelly em Janela Indiscreta e por Eve Marie Saint em Intriga Internacional.

Para encerrar as atrações do primeiro dia, Manno Escobar e Maurício Pina, pela Intercoiffure Brasil, equilibraram ousadia e exibindo black powers loiros, fios afro, curtinhos lisos e cacheados e, mais uma vez, coques bem exagerados. 

E confira também:

Saiba mais sobre as tranças afro.

Carlos Oristânio explica os fundamentos da administração de um salão de beleza