Foto 10O último show do primeiro dia da edição de Curitiba do Creative Color International ficou a cargo do grupo Passaró Hombre. Nele, Roberto e Javier Mesones provaram, de uma vez por todas, que a variação de cores em um mesmo look nas produções masculinas estão mais em alta do que nunca.

Fios vermelhos, loiros, brancos e acobreados brilharam em produções voltadas para os mais diversos estilos, como emo, surfista, roqueiro, urbano, engravatado, entre outros.

Aqui, os cabelos foram cortados com máquina e apenas um pente foi utilizado como régua para definir o comprimento. Entre os elementos presentes, destaque para a franja irregular, feita com corte picotado, assimetria aliada a grandes franjas laterais, topetes na forma de tubo ou com apenas metade dos fios traseiros elevados.

E sobrou espaço para um look conceitual, mas que demonstrou que cabelos cacheados e lisos podem dividir espaço em uma produção. Aos mais conservadores, vale sublinhar que o visual arrepiado, com efeito brilho molhado segue em alta, e podem ser combinados com fios mais compridos na parte traseira da cabeça ou com os dianteiros penteados para a lateral e cobertos com gel, sem nenhum volume.

Um show à parte ficou por conta do figurino dos modelos. Assinados pela Handbook e Andre Thergom, eles foram essenciais para criar a atmosfera street que a apresentação buscava.