O visagismo é e sempre será um grande trunfo para a concepção de qualquer look, seja no Brasil ou em países do exterior. Por este motivo, estar atento às características de cada cliente e fornecer um atendimento personalizado foram pontos abordados durante a aula de Gustavo Cochet para o curso Master Hair Designer, na BSG.U Academy, em Campinas (SP).

Gustavo Cochet em aula para o curso Master Hair da BSG.U Academy, em Campinas (SP)

Muito simpático e sempre disposto a responder as dúvidas dos alunos, Cochet iniciou a aula expondo alguns de seus trabalhos. Entre eles um passo a passo de corte, coloração e make-up, que foi capa da edição 9 da revista Cabeleireiros.com. “Gosto do trabalho de salão, mas é sempre uma rotina, e quando você realiza uma coleção, adquire um novo expertise”, disse.

Modelo Mariana após transformaçãoA cada novidade apresentada, o cabeleireiro salientava que o estudo é uma das principais partes de sua concepção. “Antes da criação, foco na pesquisa de conceitos, detalhes e, principalmente, contexto. Assim, em qualquer lugar do mundo o trabalho será reconhecido”, explicou.

A respeito do visagismo, o profissional preparou uma apresentação especial. Slides com conceitos e transformações de imagem mostraram a diferença entre aquilo que um profissional vê em contrapartida daquilo que alguém sem especialização consegue enxergar. “A capacitação é primordial na identificação do que já se enquadra na imagem do cliente e do que deve ser modificado”, afirma Gustavo.

Além disso, para quem pensa que as modelos e atrizes que aparecem na televisão são padrões de beleza, o cabeleireiro e maquiador esclarece a questão. “O padrão de beleza é o biotipo das pessoas que nascem em um determinado local. Sendo assim, a beleza está no equilíbrio das formas e não na idealização de uma única raça”, destaca.

Se atente às regrasModelo Nana recebe uniformização de cores

Falar em técnicas de cortes de cabelos que favoreçam alguns pontos da face é muito comum no universo da beleza, porém, o cabeleireiro preferiu seguir quatro passos na definição de uma imagem ideal:

1° Reconhecimento daquilo que precisa ser melhorado;
2° Estabelecer padrões de beleza de acordo com os traços da cliente;
3° Sintetizar uma nova imagem;
4° Utilizar recursos técnicos, adquiridos com aperfeiçoamento, para realizar o trabalho.

Dicas para o salão

Modelo Geilma recebeu luzes em transparência e um make-up que corrigiu imperfeiçõesAs sugestões de Gustavo Cochet abrangeram técnicas de coloração, corte, estilização, maquiagem e penteado.

O primeiro look foi uma equalização de tons e eliminação de manchas nos fios com corte das áreas afetadas. Já o segundo trouxe um problema típico no salão: o que fazer com raízes brancas e cabelos desbotados? O profissional investiu na descoloração com volume 20 dos cabelos já tingidos e uniformização da nuance acobreada.

Dando sequência às transformações, cabelos cacheados receberam nova vida com a suavização das formas e secagem específica. Um passo a passo de make-up diminuiu problemas como papada e rosto redondo e um penteado de coque alto com detalhes e apliques encerrou a apresentação.

Confira também:

Visagismo: a importância de entender cada estilo

Tendência Geometrik apresentada durante a aula de Gustavo Cochet

Tendência Beat Collection inspirada em Vidal Sasson e anos 1950