Marcelo Schulman Com a febre de alisamento capilar através da chapinha, ter cabelos lisos hoje em dia não tem mais segredos, o método de deixar os fios esticadinhos é realizado na maioria dos salões de cabeleireiro, centros de beleza e, para quem ainda prefere o conforto do lar, o manuseio da chapinha não reserva nenhum mistério, podendo ser utilizada por profissional ou não.

A princípio esta técnica proporciona aos cabelos beleza e uma aparência saudável, já que os fios ficam sedosos e brilhosos, mas a verdade é que sem os cuidados necessários como uma boa hidratação, o hábito de alisar os fios com a chapinha acaba destruindo e deixando os fios fracos e quebradiços, além de deixá-los ressecados, principalmente os que contêm coloração.

Você sabe qual a explicação para tamanha destruição? Para compreender melhor o porquê tal atitude é um veneno aos fios, temos que conhecer a estrutura do cabelo. Segundo a Supervisora Técnica Capilar da empresa de cosmético Vita Derm, Vanúzia Costa “Os cabelos são pêlos de localização, formados principalmente por proteínas, queratina, pontes de enxofre e pontes de hidrogênio. Com o aquecimento intenso da prancha, ocorre uma quebra temporária das pontes de hidrogênio, o que torna os fios mais lisos, em conseqüência acontece a abertura das escamas de queratina, tornando-os fios mais quebradiços e ressecados”.

Mas não sejamos tão radicais a ponto de abrir mão deste instrumento. “Com o avanço da cosmetologia, há possibilidades de deixar os fios lisos (utilizando a chapinha) sem prejudicar as madeixas. Hidratantes que combinam ativos com alto poder de emoliência como a manteiga de karité, óleo de girassol, óleo de buriti e queratina são boas pedidas contra o ressecamento. Além deste cuidado, de hidratar os fios semanalmente, os leave ins à base de proteínas termoativadas e reparadores de pontas auxiliam o tratamento de forma considerável para manter a saúde e a beleza dos fios”, orienta Dr. Marcelo Schulman, Master em Dermofarmácia e Tecnologia de Cosmético.

Os fios quimicamente modificados por coloração, alisamento, permanente e submetidos aos processos termoativados como escova e chapinha, ficam extremamente sensíveis e bastante vulneráveis ao ressecamento e a formação de pontas duplas. Por isso, os cuidados com os fios, passam a ser mais do que necessários.