Chegamos à última parte do especial dedicado à Passarela BSG World. Este ano, o beneficente do BSG World Festival reuniu 16 equipes de profissionais para apresentar suas tendências em cabelo e make-up. Agora, chegou a vez de destacaremos os shows de Kai Steeg, Bruno Barbeyrol, Creative Team, Selvaggio Team e é Salon. Veja quais foram as apostas dos hairstylists:

é Salon: o retorno das franjas curtas e a celebração às mechas

Kai Steeg
Com suas modelos envoltas em figurinos rendados, o cabeleireiro alemão mostrou um desfile totalmente conceitual. Grandes estruturas construídas com fios desfiados prevaleceram. Penteados como coques semipresos e rabos de cavalo foram usados, mas também de maneiras nada convencionais e acompanhados de acessórios. Nas cores, vermelhos, loiros angelicais (cacheados!), e castanhos.

Selvaggio Team
Quem gosta de simetria, suspirou pelos cabelos criados pelos hairstylists italianos. Na maioria curtos e arredondados, eles deixavam a nuca à mostra e tinham linhas certinhas, tanto nos cortes com camadas quanto nos sem.

Uniram-se à proposta franjas retas impecavelmente cortadas, laterais de comprimento superior e somente em um look, uma bela escova que modelou todos os fios para a lateral. Neste visual, aliás, chamou atenção pontos vermelhos que se destacavam em meio à coloração preta. Completou a cartela um cacheado poderoso, cheio de volume e colorido por uma tonalidade de vermelha perfeita para mulheres que não querem passar despercebidas.

Creative Team
A moda rocker caiu no gosto da equipe brasileira e foi explorada com propriedade. A começar por um belo moicano em um tom de loiro ultraclaro e com raízes escuras bem aparentes. É a moda undercut, muito popular atualmente, conquistando em definitivo o mundo da coiffure. Um visual masculino também explorou o filão, com a diferença de uni-lo a um grande e pontudo topete.

O trivial chanel ganhou linhas assimétricas, sobretudo na lateral, mechas vermelhas bem superficiais na parte traseira e adaptou-se ao tema. Para completar, topetes, bem altos, imponentes e utilizados em um rabo de cavalo feito com cachos bem abertos e volumosos e em um grande coque médio todo detalhado.

Bruno Barbeyrol
A reciclagem, mote do show do stylist francês, foi empregada no figurino e nos arranjos dispostos nas cabeças das modelos. Estes representavam as cores fantasia e as formas imprevisíveis, como aquelas propagadas mundo afora pela cantora Lady Gaga, que já utilizou até um telefone como chapéu.

Entre os visuais, chamou atenção, onde tranças afro foram feitas com linhas de diversas cores e se estendiam da cabeça aos braços, dispostos como pulseiras.

é Salon
O time inglês retomou as franjas curtas de formatos diferenciados (com o centro pontudo ou cortadas na diagonal) e as usou em dois looks: um de cabelos curtos com laterais triangulares e a outro com o formato de uma saia rodada, colorido em listras horizontais.

Mechas cor-de-rosa, batons verdes, azuis e vermelhos e um figurino com tons metálicos responderam pelos momentos coloridos da apresentação.

Veja a primeira parte do Especial Passarela BSG World

Veja a segunda parte do Especial Passarela BSG World

E confira também:

Saiba mais sobre a trança embutida.

Dicas para fazer uma escova de verniz.

Pré-congresso de estética do BSG World Festival expõe equipamento de combate à gordura localizada

Hairstylist Alessandra Melo ensina o passo a passo de uma trança torcida