Pontas duplas: como evitar?
Elas são as responsáveis por deixar as mulheres aborrecidas e de cabelo em pé! As pontas duplas costumam tirar o sossego do público feminino, que muitas vezes recorre a técnicas nem sempre bem-vindas e adequadas para eliminar o problema.

A hairstylist Cida Moreira, do salão carioca Walter´s Coiffeur, recomenda em primeiro lugar que os tratamentos devem ser feitos regularmente, em casa e no salão de beleza. “Isso ajuda a prevenir o surgimento das pontas duplas, dando ao cabelo um aspecto sempre saudável”, comenta.

Mas, afinal, o que causa essa divisão nas pontas? A profissional explica que o excesso de coloração (química), efeitos externos, como o Sol, mar, poluição, piscina, além de longos períodos sem cortar o cabelo, estão entre as principais causas do problema.

Cada ponta no seu devido lugar

Para minimizar o efeito nocivo dos fatores mencionados acima e deixar as pontas em perfeito estado, Cida indica o uso de leave-in, que protege do calor provocado pelo secador, modeladores de cachos e pranchas; e também a utilização de shampoos e condicionadores específicos para cada tipo de cabelo. Outra novidade é o Split Remedy, superlançamento da TRESemmé em 2013 que age nos pontos de danos mais severos, reconstruindo a fibra capilar.

Além disso, é importante cuidado na escovação dos cabelos. “Opte por escovas de cerdas macias e nunca se esqueça de passar produtos sem enxague, como o leave-in, por exemplo,”, diz.
“Para quem utiliza muita química, é sempre importante evitar sobrepor a tintura, pois isso pode enfraquecer os fios”, finaliza Cida.