A Moda Por Quem Faz A ModaO primeiro dia do Megashow, realizado simultaneamente à 8ª edição da Hair Brasil, impressionou todos os que estiveram presentes na ocasião. A segunda série de apresentações, que aconteceu no dia 30 de março, não foi diferente.

Já no primeiro show, A Moda Por Quem Faz a Moda, promovido pela Inoar, Cari Córdoba, José Mariano Filho, Robertinho Shinizu, Helmut Soroko, Fina Fernandes Córdoba, Nilta Murcelli, Mario Merlino e Wilma Ribas juntaram-se para apresentar a moda das ruas. Cortes em camadas, franjas laterais e grandes volumes na parte de trás da cabeça surgiram em fios de diversos comprimentos, assim como as mechas, que tinham até três tons.

Intercoiffure PeruUm clima de sedução dark invadiu o palco para que Christophe Gaillet mostrasse a coleção Thriller, de L’Oréal Professionnel. Aqui, apostou-se no frisado, ora em toda a extensão dos fios, ora da metade para baixo, conservando a base lisa. Um corte de Gaillet, que também é embaixador internacional da marca, ganhou destaque: inteiramente feito com máquina, uniu o charme com um ar rebelde graças à desconexão promovida.

De 2009 para a década de 1950. Quem assistiu a apresentação de Celso Kamura, representante oficial da Matrix no Brasil, pode sentir todo o glamour e sofisticação da época em um desfile que contou com a colaboração de Alexandre Herchcovich no figurino e Fernando Pires nos calçados. Fios mais curtos, com ondas, e com cores frias foram a atração principal. Isso, combinados com uma leveza que garantiu a modernidade dos penteados. E mais uma vez, os grandes volumes na parte traseira da cabeça marcaram presença.

Para encerrar o evento, a Intercoiffure Peru entrou em cena com a coleção Fashion Gourmet. Um desfile conceitual, onde os cabelos e figurinos eram baseados em pratos como macarrão e salada, alternou-se com looks comerciais, cheios de cachos volumosos e referências dos anos 1980.