No segundo dia de apresentações, os hairstylists voltaram ao palco para mostrar os passos dos looks exibidos no dia anterior e para fornecer uma série de dicas para a plateia que lotou o auditório da The Beauty, que pela primeira vez recebeu o Creative Color International.

Mágico BiankoDesta vez, os shows foram abertos pelo mágico Bianko que, entre truques, proferiu uma palestra sobre motivação. Ele destacou a importância de buscar uma solução sempre que surgir um obstáculo, como forma de canalizar as ações para a resolução. Bianko também falou sobre a importância do bom humor, e lembrou que está comprovado cientificamente o quanto esse estado alivia os sofrimentos. Citando o pensamento: “Uma vida não basta ser vivida, também precisa ser sonhada”, do escritor Mário Quintana, o mágico afirmou que os sonhos são os combustíveis de nossas vidas.

Os shows dos hairstylists começaram com o espanhol Mikel Luzea, duas vezes vencedor do prêmio da AIPP, um dos mais importantes do mundo. A maioria dos cabelos que ele apresentou tinhamMikel Luzea comprimento médio. Neste trabalho, o corte começa pela nuca. Ele faz uma mecha central na parte de trás e corta acompanhando a curvatura da cabeça. O hairstylist faz todo o corte com a tesoura. Para finalizar, sugere secar os cabelos e usar a navalha. Nas luzes, Mikel fez novas combinações de cores, como o violeta com o castanho escuro. Nesse quesito, ele destacou que a suavidade é a graça das mechas.

Simpático, ao término de sua apresentação Mikel disse que seu trabalho havia sido favorecido pela beleza das modelos e se disse muito feliz em estar no Creative Color. “Espero que vocês tenham gostado tanto de estar aqui quanto eu gostei”.

Leonardo Rocco, da rede Rocco Donna, uma das mais influentes dos Estados Unidos, veio na sequência e passou uma série de sugestões aos cabeleireiros presentes, a começar pela importância de Rocco Donnaconversar com o cliente. “É fundamental ouvir o que ele quer para fazer o melhor e deixá-lo feliz, muitas vezes o cliente não muda o visual porque o cabeleireiro não lhe propõe a mudança”.

Rocco fez um corte assimétrico, com as laterais mais compridas. O corte começa pela parte de trás da cabeça, onde fica mais curto, e segue pelas laterais, bem mais compridas. O hairstylist apresentou o mesmo corte em versões mais compridas. “O comprimento varia conforme o que foi acertado com o cliente”, enfatizou. Leonardo Rocco adotou a franja em praticamente todos os cabelos que exibiu no palco do Creative e informou que ela pode ser usada por homens e mulheres de todas as idades e que, em todos os casos, rejuvenesce a pessoa em pelo menos cinco anos.

O evento foi encerrado com o grupo espanhol Passaró Hombre, especialista em looks masculinos. No palco, um show de diversidade, com destaque para a moda “emo”, um hit na Europa,Passaró Hombre como eles disseram. O cabelo tem a franja grande e reta no lado direito - levemente jogada para a lateral - e bem menor do lado esquerdo, ficando acima das sobrancelhas. Nas laterais, o corte é feito em camadas. Na parte detrás do alto da cabeça os fios são mais curtos. Como a marca dessa nova tendência do grupo é a diversidade, eles também exibiram looks moicanos e cabelos tradicionais.