cosméticos verdeNo ano de 2010 o setor de perfumaria e cosméticos foi um dos que mais cresceram no Brasil. E segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 2011 tem tudo para seguir o mesmo caminho, pois prevê-se um crescimento médio de 10% na área.

De acordo com Filipe Sabará, diretor de negócios da Beraca, uma das empresas líderes globais no fornecimento de insumos amazônicos para a indústria de cosméticos, os dados refletem o ótimo momento do mercado nacional. “Este ano nossa expectativa é expandir em até 30% nossa expansão”, afirma.

A atual produção da Beraca é de 400 toneladas de diferentes tipos de insumos, resultado de investimentos que chegam à marca de US$ 15 milhões nos últimos cinco anos em tecnologia, instalações de fábricas e práticas de extração.

Participação do Banco Central

O cenário do setor mostra-se favorecido, entre outros, pelo pacote de medidas de restrição ao crédito anunciadas pelo Banco Central (BC), que estimulou os consumidores a comprar mais produtos de higiene pessoal e beleza.

E confira também:

A moda hair para o inverno 2011 pede acessórios