Depois de Maurício Cid, Fabrizio Raimondo e Mikel Luzea, nesta semana os alunos do curso Master Hair Designer, da BSG.U Academy Campinas, receberam a visita da hairstylist argentina Sonia Lupin. “Agradeço muito pelo convite e é com grande prazer que ensinarei técnicas que aprendi na minha vida profissional”, disse Sonia, que no primeiro dia da visita ensinou aos alunos duas técnicas de penteado e três de corte, todas elas em bonecas.

Sonia Lupin com alunos do Master Hair Designer

Dicas de quem sabe o que diz

A cabeleireira, que começou a trabalhar na coiffure aos 12 anos de idade e herdou da mãe, também profissional da área, o talento com as tesouras, falou sobre a criação de coleções em moda hair. “Não se pode mostrar uma coleção ao público se você não é parte dela ou se simplesmente copiou de outra pessoa”, disse. E completou: “O melhor público para trabalhar é a mulher que tem de 25 a 45 anos, que já acabaram a faculdade, trabalham e têm um estilo que também agrada àquelas que estão fora dessa faixa etária”.


“Também acho importante salientar que o profissional precisa estar atento a outras áreas, como arte, moda e música. Uma vez que um estilo está em evidência, é interessante voltar a atenção para ele e fazer criações que farão sucesso e gerarão lucro”, aconselhou Sônia.

Vamos ao trabalho!

O primeiro corte feito por Sônia foi um médio com camadas. Feita a divisão de orelha a orelha e encontrado o ponto de equilíbrio que determinará a construção do look, Sônia cortou os cabelos com máquina. Para cortar as camadas de trás, a hairstylist aconselhava que a cabeça da cliente fosse gradativamente sendo inclinada para trás. “É importante passar a máquina com delicadeza, como se estivesse acariciando os cabelos, e não usá-la com força”, disse.


Já os fios do topo devem ser cortados com a cabeça na posição normal, para dar volume. Nas laterais, é preciso começar com o lado que tiver menos cabelo. Nessa etapa, Sônia deixou a máquina de lado e usou a navalha. A finalização do corte foi feita com uma escova que modelou as pontas dos cabelos para fora, o que deu um ar leve ao visual.


Na sequência, foi realizado um corte chanel, com comprimentos laterais bem distintos e outro curto, com fios bastante picotados, o que deu mais volume. Neste último, para cortar os fios das laterais, Sônia trabalhou com duas tesouras ao mesmo tempo, uma virada para cima e outra para baixo, o que permitiu que os cabelos fossem ainda mais desfiados.


Os penteados focaram ocasiões mais chiques. Para ocasiões mais formais, Sônia fez um coque banana, onde os fios foram previamente modelados com bóbis. Apesar disso, a hairstylist disse nunca buscar a simetria e usar com cautela os fixadores.


Na sequência, optou por um penteado cuja construção baseou-se em mechas enroladas em um ou dois dedos e presos com grampos, com cara de look de gala. O ponto de partida foi a meia lua do topo da cabeça, que serviu de sustentação aos demais buclês, feitos com os cabelos da nuca média e traseira. Os cabelos das laterais eram puxados para trás, presos intercaladamente e ajeitados de maneira aleatória, mas criando uma harmonia perfeita.

InfrSonia Lupin entrega DVDs com técnicas de corte para Danuzio Gil, diretor-sócio da BSG.U Academy Campinas a-estrutura primorosa

Entre as explicações de uma e outra técnica, Sônia convidou o diretor-sócio da BSG.U Academy Campinas Danúzio Gil ao palco e lhe presenteou com DVDs que apresentam diferentes técnicas de corte, estes que ficarão à disposição dos alunos do Master Hair Designer na biblioteca do curso.

E confira também:

Mikel Luzea mostra cortes que estão em alta na Europa

Fabrizio Raimondo ensina passo a passo para criar uma tendência incrível

Mauricio Cid apresenta penteados vanguardistas

Master Hair Designer conquista alunos