Por mais desencanada que uma mulher seja, sentir-se bonita faz muito bem ao ego. Símbolo das líderes femininas da contracultura, os cabelos sem métrica fugiam dos padrões de beleza impostos e marcaram época.

Outrora vistos como rebeldes e até feios, os ondulados eram massacrados pela ditadura da chapinha, que hoje dá, a cada dia, mais sinais de cansaço. Gisele Bündchen, um ícone mundial de beleza mundial, ajudou a quebrar essa resistência aos fios com efeito natural.

Roqueiras dos anos 1960 e 1970 inspiram visual com ondas

E é exatamente a isso que os profissionais da área precisam se atentar. Muitas vezes, a moda também é construída da maneira mais improvável: por quem quer fugir dela! É o caso deste look com cabelos longos, inspirados nas musas das bandas de rock anos 1960 e 1970 que esbanjavam atitude.

Como fazer?

A cantora Janis Joplin, símbolo do rock nos anos 1960, não era adepta da moda, e ostentava uma cabeleira toda onduladaPara fazer o penteado, o hairstylist Sam McKnight recomenda, antes de qualquer coisa, que os cabelos sejam condicionados e hidratados com o xampu, condicionador e máscara de tratamento Pantene Restauração Profunda. Cabelos saudáveis são essenciais para o acabamento perfeito de penteados mais glamorosos, que exigem brilho, maleabilidade e maciez.

Passo 1
: Com os cabelos limpos e secos aplique um pouco de mousse e seque com secador de maneira solta e leve.

Passo 2: Divida o cabelo em mechas pequenas e faça babyliss uma a uma, enrolando em pequenos cachos com grampos no topo da cabeça.

Passo 3
: Com todos os cachos estruturados, aplique spray finalizador e solte um a um.

Passo 4: Usando uma escova de cerdas macias, escove os cabelos de maneira a deixá-los soltos e volumosos, com cachos mais livres e ondas sensuais.