Para o outono-inverno 2011, a Alfaparf Group trouxe ao estilo brasileiro linhas neoclássicas. A nova coleção da empresa italiana de cosmética capilar, New Classicismo, conjuga simetria, equilíbrio e fluidez em cores e cortes de cabelo para loiras, morenas e ruivas.

As técnicas utilizadas nos cabelos são alinhadas às tendências de moda de Milão, com roupas que se caracterizam por formas quadradas para as costas e volumes reduzidos nas laterais e com traços geométricos bem marcados, que criam looks criativos e modernos.

Alfapart Group utiliza quatro linhas de corte para compor sua coleção outono-inverno 2011

Entre as nuances, cores quentes continuam sendo o forte da temporada, mas mulheres que preferem tons mais tradicionais também terão destaque. A seguir, confira as técnicas utilizadas pela Alfaparf para a concepção dos looks.

Harmonia vermelha

A técnica contempla toda a cabeça, criando profundidade e acentuando as formas. As linhas fluidas das seções atenuam a cor, fazendo com que as mudanças de tonalidade tornem-se harmoniosas. A força do vermelho é atenuada, produzindo uma proposta elegante e sedutora. O perfil assimétrico do corte estabelece equilíbrio com a técnica de coloração. Indicada para cabelos mais curtos, a técnica produz um grande jogo de luzes, pois os tons de vermelho absorvem a luz e as mais claras refletem a luminosidade, dando um efeito multidimensional e intrigante.

Simetria em castanho

Esta proposta brinca com a simetria, dando um efeito de cor que esteja em equilíbrio com o rosto. As separações perfeitamente simétricas e o painel superior sobreposto emolduram o rosto geometricamente. A franja levemente desequilibrada com reflexos brilhantes para o lado engana a simetria, conferindo modernidade. Também prismática, essa técnica possibilita variar os resultados, além de esconder as raízes dos fios por mais tempo.

Elegância dourada

Para cabelos virgens ou tingidos, ela garante um novo visual com mechas distribuídas de forma desordenada, balanceadas pela sua forma geométrica triangular. A textura dos cabelos é acentuada e o foco passa às formas elegantes do corte, no qual separações com linhas macias e arredondadas desenham a elegante forma do perímetro. Uma graduação perfeitamente simétrica, juntamente com um painel assimétrico e desconexo, cria um efeito versátil, que pode ter acabamento liso ou ondulado. A técnica torna possível variar o número de mechas e esconder ou deixar à vista a coloração dos fios.

Equilíbrio de luz

O estilo neoclássico também contempla o público masculino. A técnica propõe uma linha de corte clássica, criada por separações simétricas, que se funde com uma moderna desconexão. São três painéis de cor, distribuídos pelos cabelos como estrias finas, e mechas em perfeito equilíbrio, devido à forma geométrica. Cria-se um efeito solar e natural, que permite acentuar a forma e a textura do corte. O resultado é a imagem ideal do homem moderno, com uma abordagem informal. Variando-se o número de mechas, os efeitos ficam mais evidentes ou discretos. 

E confira também:

Esclaremos onze dúvidas comuns das manicures e das mulheres a respeito das unhas

Henê: ele é mesmo o vilão que dizem?