A rede americana Aveda representa um conglomerado de produtos para beleza. Com aproximadamente três anos de história, está envolvida em campanhas sociais e em prol do desenvolvimento sustentável, sabe-se que pelo menos 24 países usam seus produtos.

A Aveda propõe que, cacheado ou liso, a característica do fio seja valorizada e intensificada. Os cortes masculinos, para quem vive em centros urbanos, são versáteis.

Os cabelos orientais, grossos e negros, podem ser levantados para cima, beirando um “topete reto”. O caucasiano pode manter seus fios finos e castanhos claros naturais, em um corte curto. Assim como pode repicar levemente o cabelo negro, deixando que poucos fios pendam sobre a testa.

Já se a intenção for valorizar as ondas douradas, a proposta é que elas sejam grandes, mas levemente bagunçadas. O resultado é um penteado com mais glamour, mas nem por isso, menos sofisticado.

 

Cabeleireiro:Kurt Kueffner
Diretores de arte: Antoinette Beenders, diretor mundial de criação da Aveda
Fotógrafo: Carl Bengtsson