Michel Dervyn resgata sensualidade e elegância dos cabelos da década de 1960 em coleção

Michel Dervyn assumiu seu saudosismo ao compor os visuais para esta coleção. Relembrando as modas dos anos 1960, o hairstylist realizou em um dos looks uma releitura do penteado com o topo fofo, estruturado e com as pontas modeladas para fora. O toque moderno fica por conta da coloração, um tom de loiro quente da raiz à metade do comprimento. A franja flat e a mecha que a separa do topo ajudam a criar uma atmosfera inocente, salientada ainda mais pelo acessório lateral. A cantora Duffy é uma grande fã do estilo e não raramente aparece com ele em suas apresentações. 

Outra produção relembra Marilyn Monroe quando esta adotava as madeixas lisas. De comprimento médio, novamente as pontas são modeladas para fora, conferindo leveza e sensualidade. A coloração, um loiro areia, tira o ar “fatal” excessivo, mas não perde nenhum ponto no quesito charme.

Completa a coleção um loiríssimo com uma das laterais superior à outra, um corte já tradicional e adotado por mulheres que desejam um visual mais marcante.

E confira também:

Kate Winslet tosa as madeixas e adere ao curto loiríssimo

Os cabelos do calendário Truss Cosmetics 2011