UnhasNos tempos atuais, a manicure, mais do que trabalhar com a beleza, tornou-se uma profissional da saúde.

Por isso, é importante que ela fique atenta a certos aspectos que as unhas das clientes podem apresentar, pois alguns deles são características de doenças que devem ser tratadas o quanto antes.

Alterações pulmonares, pólipos nasais, anemia, síndrome inflamatória do intestino e doenças do fígado, podem provocar alterações nas unhas.

Em alguns casos, essas alterações podem levar as pessoas a procurar assistência médica, com expectativa de trazer à tona, condições não diagnosticadas anteriormente. Em outros, o estado das unhas de um paciente vai ajudar o médico esclarecer o que está em jogo.

Fique atenta a alguns exemplos de problemas de saúde que aparecem nas unhas:

A cor base da unha de indivíduos saudáveis deve ser rosa claro. As que são brancas ou esbranquiçadas, podem sugerir anemia ou alguma doença hepática.

Unhas brancas com ponta escura pode ser um sinal de envelhecimento, mas também pode ser sinal de insuficiência cardíaca congestiva, diabetes ou doença hepática.

Problemas renais são suspeitos em condição conhecida como meia-e-meia haste, em que a parte inferior da unha é branca, mas uma parcela para a ponta da unha é rosa.

Unhas azuladas podem indicar falta de oxigênio, sinal de uma pessoa pode estar sofrendo do pulmão. Unhas verdes podem sugerir infecção por Pseudomonas aeruginosa, uma bactéria que é comum no meio ambiente. Problemas respiratórios – como pólipos nasais e sinusite crônica - podem desencadear a síndrome das unhas amarelas, considerada rara.

Unhas espessas, disformes e turvas são geralmente sinal de infecção por fungo. Quanto mais cedo forem tratadas, melhor. É difícil de tratar.

A preocupação deve ocorrer se alguém desenvolve uma nova pigmentação nas unhas, assim como um novo sinal sobre a pele. Neste caso é melhor procurar um dermatologista para ver se é um melanoma ou se é apenas uma batida

Se notar uma mudança nas suas unhas, é razoável que vá verificá-la, mas não se preocupe sobre isso. Há muitas coisas que acontecem nas unhas que não têm nada a ver com quaisquer condições citadas no texto. Fotos podem ser acessadas no site da Clínica Mayo, dos EUA: http://www.mayoclinic.com/health/nails/WO00055