Tirar ou manter as cutículas?

Retirar ou não as cutículas na hora de fazer as unhas? Enquanto nos Estados Unidos e em países da Europa as mulheres se recusam a retirá-las -mesmo as celebridades mais elegantes -, no Brasil o hábito comum é usar o alicate. A justificativa por aqui é que sem cutículas as unhas ficam mais bonitas. Mas tal decisão pode colocar em risco a saúde da mulher. Isso porque a cutícula tem a função de proteger as unhas e impedir a entrada de bactérias e produtos no organismo, evitando, inclusive, a possibilidade de transmissão de hepatite.

“No Brasil, em função da cultura de retirar toda a cutícula da unha, estamos enfrentando sérios problemas em relação ao contágio de hepatite, sobretudo pela carência de capacitação adequada dos profissionais”, explica Edgar Pontes, do centro de formação profissional Empório das Unhas.

O segredo agora é remover as células mortas, hidratar, e polir com lixas especiais, revelando o brilho natural das unhas. Tal medida ajuda a diminuir a cutícula, de tal modo que ficam discretas e com uma aparência impecável, e o melhor de tudo: saúde garantida.

Confira as dicas do Empório das Unhas de como empurrar as cutículas:

1. Use um afastador com cureta para afastar e remover as células mortas das cutículas, preservando as unhas.

2. Passe um amolecedor de cutículas nas unhas. Ele age nas células mortas.

3. Para manter as mãos sempre hidratadas, aplique um hidratante de cutículas. Uma dica é passá-lo antes de dormir. Com o tempo, o produto reduz consideravelmente as cutículas.

Mais informações:

(11) 4576-7675