Foto

É necessário ter a sabedoria do cacho: saber como ele nasce, por que nasce, e os motivos pelos quais ele é mais seco. Denis da Silva, proprietário da marca DEVA, explica que os fios cacheados não seguram tanto o condicionamento natural, sendo formados 89% de proteínas, 1% de minerais e 10% de condicionamento natural. Por isso que, quando exposto a chama ou química, eles ficam mais seco. É para saber mais informações como esta que o portal Cabeleireiros.com entrevistou o hairstylist, que contou todos os segredos do fio em espiral. Confira!

É verdade que o silicone ajuda a manter os fios cacheados saudáveis e "no lugar"?
Não. O cabelo não tem como receber condicionamento se tiver repleto de silicone, que blinda afibra capilar. O produto dá brilho imediato, mas impede os fios de receberem nutrientes. Quem tem cabelo crespo não deveusar silicone, porque ele bloqueia o condicionamento.

Por que as pessoas acham que cuidar dos cabelos cacheados é difícil?
A Deva está há 4 anos no Brasil com uma proposta de educar a cliente a cuidar do cabelo crespo. Quando criança, todo mundo acha uma pessoa de fios cacheados um anjinho. A partir dos 6 anos, a história muda de figura, e a mãe começa a prender os fios, fazer tranças... Com 13 anos, a mulher já odeia as madeixas em espiral e quer alisá-las. Isso porque ela nunca soube como lidar com elas. O cabelo encaracolado é moda, é estilo de vida. Geralmente, as pessoas que têm fios crespos morrem de medo do cabeleireiro, porque ele sempre quer alisá-los. O salão de beleza precisa abrir a oportunidade para cuidar desse publico.

Como o cabeleireiro pode ajudar a cliente a cuidar dos fios cacheados e crespos?
Não dá para usá-los ao natural sem ter um corte dequado. Cabelos cacheados ou crespos precisam ser cortados a seco, para que o volume possa ser controlado. O cabeleireiro de hoje é o dentista de 100 anos atrás. So "arranca dente", e não sabe nada da composição do cabelo. O cabeleireiro precisa entender que é resposável pelo seu cliente, e oferecer a melhor solução para ele, sem padronizações.

Mais informações:
(11) 2914-5684
www.devabrasil.com.br