Como evitar o envelhecimento do cabelo

Engana-se quem pensa que somente a pele envelhece com o tempo. O cabelo também requer cuidados extras com o passar dos anos. Pantene, marca de cuidados com a saúde dos cabelos, constatou que com o passar da idade o cabelo se modifica e cresce de uma maneira diferente, e não é apenas a cor grisalha que indica o envelhecimento dos fios, mas também maior quebra, diminuição da densidade, diminuição do diâmetro, ressecamento, maior fragilidade e maior propensão aos danos.

Cuidados no dia a dia, no entanto, podem ajudar a manter os cabelos sempre jovens. A dermatologista e consultora de Pantene, Dra. Adriana Vilarinho,  comprova que há diferenciação entre cabelos com danos simples daqueles com problemas mais complexos, como os envelhecidos. A especialista também esclarece mitos e males mais frequentes enfrentados pelas mulheres nos cuidados com os fios. Na entrevista a seguir, a médica responde a dúvidas sobre o tema.

Qual a diferença de um cabelo envelhecido e danificado? Quais fatores influenciam neste aspecto?

O cabelo danificado apresenta especialmente alterações da haste pilosa, isto é, pontas duplas, fios quebrados, perda do brilho e  maior opacidade devido a danos externos, como excesso de manipulação com escovas ou tratamentos químicos. Já os cabelos envelhecidos apresentam alteração em toda sua estrutura, que se torna menos espessa, menos densa, em menor quantidade e também com o branqueamento gradual dos fios. Este processo de envelhecimento ocorre tanto por fatores intrínsecos como bioquímicos e hormonais como por fatores externos.

O que causa o enfraquecimento do cabelo?

É um processo natural, também relacionado à idade, que resulta na escassez de fios. À medida que as mulheres envelhecem, elas vão cultivando fibras de cabelo mais fracas e em menor quantidade e parte disso é causado por mudanças hormonais. O cabelo pode parecer mais fino e o couro cabeludo pode se tornar mais visível. A diminuição de cabelo pode ser ligada às três ocorrências seguintes:

Maior dano: O cabelo quebra depois de ser enfraquecido com o desgaste normal, modelagens agressivas ou tratamentos químicos.

Diminuição da densidade: O número de fibras capilares crescendo no couro cabeludo diminui progressivamente com a idade.

Diminuição do diâmetro: Geralmente, a grossura das fibras começa a diminuir em torno dos 40 anos. Isso faz o cabelo parecer mais fino e se tornar mais sujeito a danos e quebra.

A diminuição do cabelo é um processo natural que surge com a idade?

Verdade. É natural que a densidade e força do cabelo diminuam e o diâmetro das fibras individuais mudem à medida que as mulheres envelhecem.

Como acontece o envelhecimento dos cabelos? E quais são as consequências visíveis?

Desde os 20 anos o cabelo já começa a mudar, e o envelhecimento dos fios não vem apenas com a idade, mas também com diversas situações de mudança, como estresse, deficiência na alimentação e maternidade.

O envelhecimento dos fios acontece duas formas: intrínseco, ou seja, abaixo do couro cabeludo, onde fatores internos e biológicos afetam o cabelo ao passo que é produzido, ligando-o à idade cronológica; mas também extrínseco, ou seja, da raiz até as pontas com exposição a elementos danificadores independentemente da idade da mulher, como com quebra, secura, pontas duplas, cor desbotada, aparência frágil e danos como um todo. Neste estado, ocorre também a diminuição do diâmetro dos fios e perda de volume, podendo, nos casos mais severos, tornar visível parte do couro cabeludo.

O envelhecimento do cabelo está ligado à idade biológica da mulher/homem? Ou é possível uma pessoa jovem ter cabelo envelhecido?

O envelhecimento do cabelo está diretamente ligado à nossa idade biológica, entretanto alterações hormonais ou fatores externos como tabagismo, alcoolismo, deficiências nutricionais podem acelerar este processo de envelhecimento.

Como manter a vitalidade dos fios?

Evitar a manipulação exagerada dos fios, escolher escovas e pentes largos, sempre que possível deixar o cabelo secar naturalmente, evitar shampoos com alto índice de detergência, usar uma máscara capilar uma vez por semana, cortar pontas duplas e fios quebrados.

Os produtos anti-idade para os cabelos interferem sobre a cor grisalha e desbotada?

A cor grisalha dos fios decorrente do envelhecimento é um processo não completamente conhecido. Acredita-se que em grande parte seja pelo stress oxidativo sofrido pelas células que pigmentam os fios. Isto porque em todo o organismo, com o passar dos anos, a capacidade de eliminar toxinas torna-se menor. Assim, acredita-se que produtos anti-idade, especialmente ricos em antioxidantes sejam capazes de adiar o surgimento de fios brancos e grisalhos e prolongar a cor dos fios, mantendo-os com brilho.

Há ingredientes compostos em produtos de beleza que podem ajudar a reverter o quadro do envelhecimento do fio?

Sim. A mistura de ingredientes de tratamento de pele anti-idade confiáveis, como exemplo a cafeína, niaciamida e pantenol, fornece à fibra capilar benefícios fortificantes e densificadores.

Se o cabelo envelhecido é mais suscetível ao dano, será que todos os elementos químicos pertencentes nos produtos anti-idade do mercado não ajudam a danificá-lo?

A origem de um ingrediente não indica quão seguro ou eficaz ele é. Os ingredientes e tecnologias normalmente são selecionados de acordo com a sua habilidade de restaurar características naturais do cabelo envelhecido, e não de acordo com a origem do ingrediente.

Existe diferença no envelhecimento entre os fios das mulheres e dos homens? Se sim, quais?

O cabelo de mulheres e homens é substancialmente igual, tanto química e biologicamente têm os mesmos componentes. O que varia é a frequência e velocidade de crescimento, assim como o padrão de perda dos fios, que em homens é muito mais acelerado pela quantidade de hormônio Testosterona. Em homens, o envelhecimento dos cabelos é mais perceptível, tanto pela perda de cabelo quanto pelo padrão que a queda se dá, gerando a calvície. Já nas mulheres, a calvície é muito menos comum. No início dos 30 anos há uma diminuição no metabolismo de mulheres, provocando afinamento da fibra capilar e uma desaceleração na velocidade de crescimento do cabelo, o que se manifesta como uma redução na densidade capilar (número de fios por unidade de área). Esta é talvez a principal diferença entre homens e mulheres: nas mulheres os cabelos se afinam, enquanto nos homens acontece a perda total dos fios.

Como evitar que o cabelo envelheça?

O uso contínuo de produtos com fórmulas capazes de atuar dentro do bulbo capilar, com princípios ativos potentes a exemplo da cafeína e niaciamida, aliados a uma alimentação balanceada e stress controlado, são medidas que podem contribuir para reverter esse quadro.

Há uma idade recomendável para iniciar o uso de produtos anti-idade para os cabelos?

Ao nascermos, já apresentamos o número final de folículos pilosos, que se mantém estável até o fim da juventude. A partir de então, eles diminuem lentamente com o passar dos anos. Assim também ocorre com a densidade dos fios no couro cabeludo. Ao nascermos apresentamos aproximadamente 1000 fios/cm2 do couro cabeludo. Aos 30 anos, este número se reduz para 600 fios/cm2.