Tudo o que você sempre quis saber sobre cabelos danificados

Cabelos arrepiados, ressecados, com pontas duplas e sem volume. Quem nunca teve pelo menos um desses problemas? Poucas mulheres são privilegiadas a ponto de falarem um sonoro “não”.
Isso porque há diversos fatores que danificam – e muito – os cabelos.

Desde os agentes externos, como umidade, vento, Sol, poluição, produtos químicos, até os internos, como uma alimentação pobre em nutrientes e vitaminas, problemas hormonais, entre outros.
Para solucionar cada um dos problemas, entrevistamos Adriano Almeida, da Sociedade Brasileira do Cabelo, que conta todos os segredos para um cabelo de celebridade!

Tratamentos eficazes

Para evitar que os cabelos fiquem arrepiados, ou seja, com o tão temido “frizz”, é preciso investir no leave in e em shampoos de limpeza profunda.

Para tratar a oleosidade e dos fios que também são ressecados, o especialista explica. “Um cabelo oleoso que foi agredido por agentes externos, como as químicas, tornam-se ressecados com o passar do tempo. Sendo assim a porção do cabelo proximal, ou seja, dos fios mais próximos à raiz estão íntegros e recebendo a oleosidade do couro cabeludo. Já a porção distal, ou seja, as pontas, além de terem sido agredidas desde o meio dos cabelos, mantêm-se longe da fonte geradora de gordura, ou seja, da glândula sebácea. Isso causa um cabelo com dupla característica, seco e oleoso”, explica.

Para solucionar o problema, Almeida recomenda que seja feita uma hidratação com um creme para hidratação capilar, seguido de uma touca para aquecer, fazendo com que este penetre de forma mais uniforme na cutícula do cabelo.

Entre os produtos condicionantes, estão os condicionadores, máscaras de hidratação, óleos de silicone, entre outros.

“O que diferencia uma hidratação de outra é o nível de penetração de cada uma. Quando se usa um condicionador ele se mantém na superfície do cabelo e pouco penetra na cutícula, porção mais externa do cabelo. Ao usar uma máscara ou ampolas de hidratação associado ao calor das toucas térmicas, os produtos penetram na cutícula, promovendo uma hidratação mais uniforme. Além disso, o aquecimento quebra as pontes de hidrogênio existentes na haste capilar facilitando sua modelagem”, diz.

Mais soluções

Por que as pontas duplas surgem? Isso ocorre normalmente porque essa parte do fio é mais ressecado e pode dividir-se em dois. Muitas vezes há uma destruição da camada mais superficial do cabelo; a cutícula, com exposição da córtex, camada mais profunda. “Cortar a cada dois meses e usar leave in e reparador de pontas minimiza o problema”, diz.

Algumas mulheres possuem cabelos mais volumosos que as outras. E isso tem uma explicação. “O que determina é o número de folículos viáveis na área a ser observada e a espessura dos fios. Os cabelos caucasoides, de pessoas brancas, por ter uma penteabilidade (capacidade de se acomodar ao ser penteado) melhor, são menos volumosos do que os cabelos negroides. A desidratação também pode contribuir sim para o aumento do volume, visto que ela pode fazer com que fiquem mais eletrizados”, afirma.