Como escolher o acessório certo para o penteado

Os acessórios têm o poder de transformar os penteados. Com cores e texturas, eles dão vida aos cabelos e renovam o visual. Para não errar na hora de usar flores, presilhas, grampos e tiaras, é preciso buscar o equilíbrio. “O segredo é pensar em acessórios que combinem com a sua personalidade. É preciso saber utilizar o enfeite, ele tem que fazer parte do seu estilo, e não chamar mais a atenção”, explica a instrutora do Instituto Embelleze, Tina Ferr.

No verão estarão em alta penas, cordas e fitas, mas nem todas podem abusar dessas tendências. Acessórios com características naturais ficam bem em adolescentes e mulheres na faixa dos 30 anos. A partir dos 40 anos, é preciso ter cuidado com adornos despojados demais. Nessa faixa etária, o visual fica mais elegante com o uso de acessórios clássicos e flores de tecidos finos.

Além de pensar na faixa etária, também é preciso levar em consideração o estilo de roupa que será usado para escolher o adereço certo. “Se a mulher for usar um vestido muito trabalhado, cheio de pedrarias, um enfeite muito grande no cabelo pode deixá-la parecendo uma árvore de Natal. Em um caso como esse, um acessório menor ajudaria a equilibrar o visual e deixá-lo mais bonito”, diz.

Outra dica para não errar é pensar na ocasião em que ele será usado. Durante o dia, é melhor apostar em enfeites mais delicados e foscos. Para a noite, os brilhos estão liberados desde que estejam equilibrados com o vestido. “Nos casamentos, por exemplo, é preciso tomar cuidado com o uso de flores que podem carregar o visual. Não aposte nas flores naturais, mas em versões em tecido. Grampos com strass e outras pedrarias também são boas pedidas para ocasiões mais formais”, conclui a instrutora do Instituto Embelleze.